Sabor do mês PD - carne

Sugestões 7 Dias

Sugestões 7 Dias

Com as temperaturas a subir já só pensamos em festivais de verão, esplanadas, música e em estar com os amigos a “beber um copo”. A VIVA! reuniu algumas sugestões para aproveitar os próximos dias, quer para quem aprecia atividades ao ar livre ou para os que preferem o interior…

Aprecie as belas vistas do Jardim do Morro enquanto ouve boa música. A iniciativa «Música no Jardim do Morro» está de volta a este emblemático espaço de Vila Nova de Gaia, com concertos, de entrada livre. O Carlão será o primeiro a subir ao palco, no domingo, dia 3, pelas 21h30.

Se prefere aproveitar os Santos, neste caso o São Pedro, vá até à Afurada, onde a festa está garantida até 4 de julho. O leque de artistas convidados inclui, por exemplo, os Calema no, dia 1, Carolina Deslandes, dia 2, ou Bandalusa, dia 3. No domingo, dia 3, às 10h, há missa na Igreja de São Pedro da Afurada e, às 16h, procissão, seguida de descarga de morteiros. Os festejos chegam ao fim no dia 4, com um espetáculo de Augusto Canário e Amigos e, à meia noite, fogo de artifício.

CONCERTOS
Prémio Suggia – Concerto dos Finalistas

A 7.ª edição do Prémio Internacional Suggia/Casa da Música traz ao Porto alguns dos jovens violoncelistas mais promissores da Europa, em representação de prestigiadas escolas e conservatórios superiores. Após os recitais das provas eliminatórias na Sala 2, os finalistas sobem ao palco da Sala Suggia ao lado da Orquestra Sinfónica, fazendo-se ouvir na interpretação de exigentes concertos para violoncelo e orquestra. Na direcção estará o maestro Carlos Izcaray, também um notável violoncelista: fez carreira como solista e músico de câmara e ocupou os cargos de Violoncelo Principal e Presidente Artístico da Orquestra Sinfónica da Venezuela, antes de se dedicar a tempo inteiro à direcção.
Local: Casa da Música
Data: 1 de julho
Hora: 21h00

Understage
Encontro de dois mundos absolutamente singulares é a proposta deste concerto que envolve a artista turca radicada no Porto, Ece Canli, e a performer e produtora Odete. Neste trabalho específico, com base em mitos e cosmologias antigas, criam juntas uma narrativa fictícia da busca humana por emancipação e conhecimento superior. Uma excursão sonora através da qual as fronteiras entre passado, futuro, linguagem e significado se esbatem.
Local: Rivoli
Data: 1 de julho
Hora: 22h30

Cachorro Sem Dono
Cachorro Sem Dono dá nome ao novo projeto artístico que junta Stereossauro e Cabrita. Depois de se apresentarem com o single “Chika Pika”, em fevereiro de 2022, introduzindo a sonoridade, as personagens e o enredo desta nova aventura, a dupla edita o álbum de estreia em abril, pela Omnichord Records. A colaboração entre Tiago Norte (Stereossauro), eclético DJ e produtor sediado nas Caldas da Rainha, e João Cabrita (Cabrita), saxofonista multifacetado e omnipresente na música portuguesa contemporânea, começou à distância, durante os confinamentos provocados pela situação pandémica. Entre trocas de ficheiros e discussões, decidiram construir um projeto sonoro e narrativo em que Stereossauro se apresenta como Roy Vides e Cabrita como Niniko Salvaca, dois detetivas privados com pouca sorte e um passado pouco claro.
Local: Coliseu do Porto
Data: 3 de julho
Hora: 18h00

Rafael Pacheco – Prémio Novos Talentos Ageas
Um dos nomes mais promissores da nova geração de guitarristas, Rafael Pacheco começou por se dedicar à viola de fado e, mais tarde, à guitarra portuguesa, tendo tido algumas aulas com o mestre Custódio Castelo. Começa a marcar presença nas noites lisboetas de fado em 2018, e desde então tem acompanhado figuras como Maria da Nazaré, António Rocha, Lenita Gentil, Maria Armanda, Maria da Fé, Maria Amélia Proença, Mariza e Hélder Moutinho. Tem tocado nas mais afamadas casas de fado, nomeadamente O Faia, o Clube de Fado, a Adega Machado, o Café Luso, a Mesa de Frades e a Maria da Mouraria, e em importantes palcos nacionais e internacionais.
Local: Casa da Música
Data: 5 de julho
Hora: 19h30

FESTIVAIS
Festival Elétrico

O Festival Elétrico está de volta para uma terceira edição repleta de energia e música eletrónica.São 40 horas de música eletrónica, mais de 7 mil espectadores esperados e dezenas de atividades espalhadas pelos 5 espaços do recinto: Music, Start, Energy, Art e Kids.
O Elétrico proporciona a mais vanguardista experiência de música, dança e partilha, complementado o contacto com a natureza com intervenções artísticas, espiritualidade e tecnologia e inovação. Com o espírito de diversão para toda a família, o festival privilegia as horas de sol e promove uma energia festivaleira diurna.
O festival made in Porto liga o passado e o futuro através da partilha excêntrica e irreverente da arte da cidade invicta. É um Elétrico que traz o mundo ao Porto e leva o Porto ao mundo.
Local: Parque da Pasteleira
Data: 1, 2 e 3 de julho

Beach Party
O verão de 2022 traz de volta a Brisa Beach Party, a maior Beach Party da Europa, que no primeiro fim de semana de julho vai reunir em Matosinhos os nomes grandes da dance scene mundial.
São mais de duas dezenas de DJs no cartaz com nomes como KC Lights a nova promessa que nos chega da Escócia, produtor e DJ que se tem destacado nos últimos tempos pelas suas produções house; um dos nomes cimeiros da eletrónica ‘made in Brasil’, Chapeleiro; e sem esquecer o contributo dos acts nacionais, representado pelos Karetus e Kevu, ambos os projetos já bem conhecidos do público. Estavam já antes anunciados Armin van Buuren, W&W, Mariana Bo, Will Sparks e Coone.
Os bilhetes à venda nos locais habituais.
Local: Praia do Aterro Norte, em Leça da Palmeira, Matosinhos.
Data: 1, 2 e 3 de julho
Hora: Inicia às 16h

Jazz no Parque
O A assinalar este ano a sua 31ª edição, o Jazz no Parque celebra os valores fundamentais da liberdade, diversidade e criatividade com uma programação alargada que reflete isso mesmo. arranque do festival acontece no dia 2, às 16h na Casa de Serralves com a atuação de Maria da Rocha. No mesmo sábado, pelas18h, a programação desta iniciativa prossegue no Ténis do Parque de Serralves com Luís Vicente, que é “cada vez mais um dos nomes incontornáveis da nova improvisação europeia”. O trompetista vai apresentar-se em quarteto com baterista Pedro Melo Alves, o contrabaixista Luke Stewart, destacado pela revista Downbeat como um dos 25 músicos de jazz mais influentes da sua geração, e ainda John Dikeman, saxofonista norte-americano a residir em Amesterdão.
Local: Jazz no Parque
Data: 2 de julho
Hora: Inicia às 16h

EXPOSIÇÕES
Quintas da Maia
Uma visão da Maia, do que foi e do que ainda é. Do urbanizado e populoso concelho de hoje, ao território de feição agrícola, de gente dispersa e pouco povoado de outrora. Uma viagem sobre as antigas quintas que desapareceram e as que ainda resistiram até aos nossos dias.
Local: Biblioteca Municipal da Maia
Data: 4 a 29 de julho
Hora: Segunda das 18h00 às 23h00 / terça a sexta das 09h30 às 23h00 / sábado das 09h30 às 22h30

É Noite na América
“É Noite na América” é o nome da mais recente exposição da artista brasileira Ana Vaz, com curadoria de Daniel Ribas. A inauguração da exposição está agendada para o dia 4 de julho, às 19h30, e integra o Programa Público da Porto Summer School on Art & Cinema 2022. “É Noite na América” é uma comissão e produção da Fondazione in Between Art Film e coproduzida pela Pivô Arte e Pesquisa e Spectre Productions. A exposição teve estreia mundial no prestigiado Jeu de Paume, em Paris, tendo seguido depois para Veneza. Chega, agora, ao Porto.
Local: Sala de Exposições da Escola das Artes da Universidade Católica no Porto
Data: 4 de julho até 7 de outubro
Hora: De terça a sexta das 14h00 às 19h00

25 Anos – 25 Cartazes
A 25 junho de 2022 o Centro Português de Fotografia completa 25 anos de existência.
Em duas décadas e meia de vida, a instituição passou por muitas alterações orgânicas, mas manteve sempre uma programação expositiva de referência.
Com a missão de divulgar o património arquivístico fotográfico, foi visitado por centenas de milhares de pessoas, tendo já ultrapassado a marca de 1 milhão de visitantes. Assim, para assinalar o aniversário, selecionaram-se 25 cartazes das mais de 500 exposições que o CPF produziu.
Local: Centro Português de Fotografia
Data: Até 31 de julho

Abílio – José Santos – Revelação II por índole, a experimentação
Com curadoria de Cláudia Melo e consultoria científica de Rui Torres (na componente da arte postal) a exposição é composta por cerca de 200 peças que se apresentam através de diferentes tipologias e técnicas como o desenho a gravura, a litografia, a monotipia, a pintura e as correspondências postais, selecionadas de entre o arquivo familiar do artista, completando-se com outros arquivos particulares essenciais (César Figueiredo, Fernando Aguiar e Galeria Alvarez/Jaime Isidoro).
Nesta exposição afirma-se o carácter fortemente experimentalista de Abílio-José Santos, enriquecido pelos diálogos (honestos, referentes, ávidos, e sempre críticos) consigo próprio e com os acontecimentos da cena artística balizada entre os anos 60 e o início dos anos 90 em Portugal e no mundo.
Local: Fórum da Maia
Data: Até 23 de outubro
Hora: Terça a domingo, das 10h00 às 22h00

Na Estrada Do Surrealismo – Fernando Lemos
Fernando Lemos, nasceu a 3 de maio de 1926 em Lisboa, mas com apenas 26 anos parte para o Brasil, onde acaba por adquirir a nacionalidade. Destaca-se como fotógrafo, contudo, o seu percurso passou pela pintura, desenho, design gráfico e industrial e, também, pela poesia e ensino.
Inicia o seu trabalho fotográfico em 1949, com a primeira fotografia tirada a partir da janela do quarto onde nasceu, mostrando os telhados de Lisboa.
O seu trabalho de fotografia destaca-se na história do Surrealismo, sendo premiado em 2001 com o Prémio Nacional de Fotografia.
Local: Centro Português de Fotografia
Data: Até 30 de outubro

ESPETÁCULOS
Invasão

INVASÃO! é um espetáculo de pensamento cujo principal objetivo é permitir o uso público dos estudos académicos pós-coloniais acerca do que foram as ex-colónias portuguesas, divulgando, por um lado, a violência da colonização e procurando compreender, por outro, como a estética colonialista persiste ainda nas ideias conscientes e inconscientes de identidade portuguesa. Partindo da leitura d’OS LUSIADAS, de Luís de Camões, procuraremos invadir a retórica do texto para revelar os sentidos velados que subjazem àquele que é tido como o grande épico de Portugal.
Local: Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery
Data: 1 e 2 de julho
Hora: 21h30

Augusto
Augusto alude à figura do palhaço tolo, eufórico, sempre bêbado e de nariz vermelho, que ri por tudo e por nada.  Mas o termo “augusto” significa também imperial, distinto; e por isso foi escolhido como o nome do primeiro Imperador Romano.
Entre o riso e a busca da catarse íntima ou coletiva, este é um espetáculo sobre a dor e a necessidade de sermos amados incondicionalmente. A peça é do coreógrafo italiano Alessandro Sciarroni, vencedor do Leão de Ouro na Bienal de Dança de Veneza em 2019.
Local: Teatro do Campo Alegre
Data: 2 de julho
Hora: 19h30

Sai uma de Pressão
Escrito e encenado por Maria Quintelas, o espetáculo serve-se do universo da restauração para fazer este alerta e, simultaneamente, oferecer ao público “um momento de descontração, com laivos de séria estupidez natural”.
“Enquanto Beatriz, a bartender, vos servirá cerveja – a tão procurada cerveja artesanal portuguesa Alma -, criará um lugar de comunhão. Um lugar onde toda a gente será bem-vinda, se tiver vindo para rir de si própria e dos outros, ou para chorar… de tanto rir”, lê-se na sinopse.
Local: Teatro Sá da Bandeira
Data: 2 de julho
Hora: 21h00

Albano
A partir de lugares mitológicos e filosóficos, e da exploração da personagem de Albano Beirão, Rui Paixão questiona o seu lugar enquanto palhaço, mas também o do público enquanto público e, eventualmente, enquanto palhaço também. Nesta criação, estreada em 2021, Rui Paixão confronta o espectador com imagens estereotipadas e que fazem parte do nosso imaginário quando falamos de palhaços, trocando-lhes a volta ao adulterar e confrontá-las com textos e intenções que ampliam o significado da palavra “palhaço”.
Local: Coliseu do Porto
Data: 6 de julho
Hora: 19h00

MERCADO
XVI Feira do Livro da Maia

A Biblioteca Municipal Doutor José Vieira de Carvalho organiza anualmente a Feira do Livro da Maia (https://www.cm-maia.pt/institucional/agenda/todos-os-eventos/evento/xvi-feira-do-livro-da-maia), na Praça do Fórum da Maia. Esta iniciativa oferece um vasto programa ligado à literatura, nomeadamente encontros com autores, conferências, apresentações de teatro, poesia, dança, oficinas e horas de conto que potenciam e enaltecem a “figura” do livro e a importância da literatura na formação de cidadãos na sociedade moderna e democrática.
Local: Praça do Fórum da Maia
Data: 2 a 11 de julho

MAIS NOVOS
“Mentira a quanto obrigas”

Francisco gostava de caçar, de andar pela serra, entre as fragas e o mato. Chegava mesmo a falar com os passarinhos. António era um sonhador, um poeta. Gostava de pescar e chegava a falar com os peixes. Tinham duas coisas em comum: eram irmãos e eram pastores. Tinham tudo para ser felizes: o ar puro, a natureza, a frugalidade, as vacas e o amor das ninfas das fontes. Tudo, não, quase tudo, porque muitas vezes faltava-lhes a rede no telemóvel. Um dia, o pai disse-lhes: esta casa e tudo isto que a vossa vista alcança é terra nossa e será vossa um dia. Era mentira, claro. O pai já estava muito velhinho, mas eles acreditaram, porque toda a gente acredita naquilo que gosta de acreditar. E desta mentira original mais e maiores mentiras nasceram.
Local: Jardins da Quinta da Caverneira
Data: 1 de julho
Hora: 21h30

“Nino & Mambru”
Fortemente inspirados pelos grandes duos da história da comédia – como Laurel and Hardy e o humor físico de Buster Keaton e Charlie Chaplin – Nino & Mambrú apresentam-nos um espectáculo inscrito nas veias do teatro físico, a acrobacia, a esgrima, o mimo e a improvisação com o público, que convergem para criar uma obra para público familiar. Também, como elemento surpreendente, a peça apresenta-nos Ada, personagem cúmplice que nos serve para dar uma volta à estrutura clássica da pessoa voluntária que sai de cena.
Local: Jardins da Quinta da Caverneira
Data: 2 de julho
Hora: 17h00

O Portal Encantado
“O Portal Encantado” é um espetáculo de teatro para bebés, sensorial e lúdico (a partir dos 6 meses de idade). A companhia Grupo Dragão 7 apresenta a criação do universo a partir do átomo e suas combinações, dando origem à matéria.
A viagem passa pelo surgimento dos planetas, da Terra, chegando à Floresta Amazónica, trazendo para os pequeninos a sua fauna e sua flora; apresentando-lhes o índio, além de mitos, lendas e seres da Amazónia: o boto, o curupira, o canto do uirapuru, a arara azul e a cobra grande.
Local: Coliseu do Porto
Data: 3 de julho
Hora: 11h00

O Menino e o Rio – Saramago
No ano do centenário do nascimento de José Saramago, a Estação das Letras estreia o espetáculo “O Menino e o Rio” a partir das obras “O silêncio da água” e “A maior flor do mundo”.
O Menino e o Rio – Na aldeia de Azinhaga, em casa da avó Josefa, dorme o menino embalado nos sonhos. Na arca azul onde se guardam as favas, forrada a recortes de jornal, as palavras despertam o desejo indiscreto de saber.
De caderno e lápis na mão sai o menino todos os dias e, rio acima, rio abaixo junto às margens onde a água encontra a terra, navegam as histórias que um dia serão memórias.
Local: Teatro Sá da Bandeira
Data: 3 de julho
Hora: 11h00 e 16h00

FILMES
Perseguição

Título Original: Last Seen Alive
De: Brian Goodman
Com: Gerard Butler, Jaimie Alexander, Russell Hornsby
Género: Ação
Classificação: M14
Outros dados: 95 minutos
Will Spann leva de carro Lisa, prestes a ser sua ex-mulher, a casa dos pais quando, de forma misteriosa, ela desaparece numa bomba de gasolina. Desesperado para a encontrar, Will recorre à Polícia, que não só não o ajuda como desconfia dele. Determinado a encontrar Lisa a qualquer custo, Will mergulha no submundo da cidade enquanto foge das autoridades nesta corrida angustiante contra o tempo.

Mínimos 2: A Ascensão de Gru
Título Original: Minions: The Rise Of Gru
De: Kyle Balda, Brad Ableson
Com: Steve Carell, Pierre Coffin, Taraji P. Henson
Género: Animação
Classificação: M6
Outros dados: 87 minutos
Este Verão, o maior franchise de animação à escala global, traz-nos a história do encontro do maior supervilão do mundo –aqui um desconhecido jovem de 12 anos! – e os seus icónicos Mínimos, que se tornaram na equipa mais ‘mal disposta’ do cinema, e enfrentam agora a mais implacável força criminal alguma vez já reunida em “Mínimos 2: A Ascensão de Gru”.

Homens à beira de um Ataque de Nervos
Título Original: Hommes au bord de la crise de nerfs
De: Audrey Dana
Com: Thierry Lhermitte, Ramzy Bedia, François-Xavier Demaison
Género: Comédia
Classificação: Pendente
Outros dados: 97 minutos
Sete homens citadinos, entre os 17 e os 70 anos, com nada em comum à parte estarem todos à beira de um ataque de nervos, encontram-se numa estação abandonada. Todos se inscreveram num programa de auto-descoberta e cura interior que os levará para o meio da natureza numa jornada peculiar que é suposto trazê-los de volta às suas origens. Cada etapa deste treino, concebido por uma excêntrica e mal-humorada mentora, visa revelar o melhor de cada um. Uma tarefa bem difícil, especialmente quando tudo parece acontecer ao contrário do previsto.

A Lei de Teerão
Título Original: Just 6.5
De: Saeed Roustaee
Com: Payman Maadi, Navid Mohammadzadeh, Parinaz Izadyar
Género: Ação, Drama
Classificação: M14
Outros dados: 135 minutos
Samad é polícia na brigada de narcóticos em Teerão, uma cidade Iraniana a transbordar de toxicodependentes, muitos dos quais sem abrigo e procura um barão de droga local, Nasser Khakzad. Depois de muitas tentativas, consegue localizá-lo, encontrando-o após uma tentativa de suicídio falhada. Enquanto Nasser passa pelos procedimentos legais que o levarão à pena de morte e à sua execução, Samad começa a perceber que foram as condições sociais e as instituições completamente corruptas da sociedade que forçaram Nasser à vida criminosa que levou. As detenções e execuções que fez na sua carreira começam então a apresentar-se como algo inútil e sem qualquer impacto no problema de droga no Irão.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes