CMPorto

STCP pretende dispensar até 190 trabalhadores em 2012

No ano passado, a STCP gastou cerca de 2,9 milhões de euros em rescisões. No processo decorrido em 2011, foram abrangidos 61 trabalhadores (46 rescindiram por mútuo acordo e 15 por extinção do posto de trabalho. No ano passado, reformaram-se 105 trabalhadores da STCP – 85 por velhice e 20 por invalidez – e sete trabalhadores saíram da empresa devido ao fim do contrato. No final de 2011, a empresa tinha 1.318 trabalhadores, um valor inferior aos 1.496 registados um ano antes, de acordo com a informação disponível no relatório e contas. O ministro da Economia e do Emprego afirmou, em fevereiro, que, em 2011, houve uma redução de 1.900 trabalhadores nas empresas públicas de transportes e o secretário de Estado dos transportes já disse que «há cerca de um milhar de trabalhadores» que mostrou disponibilidade para assinar rescisões por mútuo acordo. No âmbito da reestruturação das empresas públicas de transportes, o Governo vai avançar com a fusão da STCP com o Metro do Porto. O secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Luís Marques Guedes, afirmou na quinta-feira que a intenção do Governo é avançar até ao final de abril com esta fusão.
PUB
vinhoemcasa.com/pt-PT