Campanha Aquastop - CIN

Startup da UPTEC cria roupa de cama antialérgica e antibacteriana

Startup da UPTEC cria roupa de cama antialérgica e antibacteriana

startup portuguesa MARIALMA, incubada no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC), acaba de lançar “uma marca de roupa de cama que funciona como elemento antialérgico e antibacteriano, complementar aos tratamentos e cuidados com a pele”. No comunicado enviado à VIVA!, a empresa promete revolucionar o mercado têxtil e a “indústria do sono”, ao combinar os mais recentes avanços tecnológicos com o know how e tradição da confeção portuguesa.

A marca produz os seus próprios produtos através da utilização de fibras naturais –  cânhamo, algodão egípcio e celulose proveniente da madeira do eucalipto –  combinadas com componentes ativos como o óxido de zinco e algas marinhas.

“A tecnologia utilizada pela marca aposta num processo patenteado que incorpora os compostos ativos de forma definitiva nas fibras de celulose, ainda antes da produção do fio utilizado para fazer os tecidos”, explica a empresa, adiantando que, desta forma, é garantido que propriedades das fibras sejam permanentemente preservadas durante a vida útil dos lençóis, independentemente do número de lavagens.

Criada por Ana Osório, Catarina Canto Moniz e Eugénio Santos, a marca pretende dar resposta aos consumidores que veem o seu sono afetado por diferentes distúrbios causados por alergias, problemas de pele, transpiração noturna, entre outros. “Com matérias-primas 100% naturais e biodegradáveis, os nossos lençóis são caracterizados por uma textura extra suave e fresca, com acabamentos cuidados e elegantes. Entre os vários benefícios identificados destacam-se os que se relacionam com a saúde e bem-estar durante o momento do sono: a redução da sensação de pele seca ou irritada, inibição de odores desagradáveis e ainda, o controlo natural da temperatura corporal”, afirma Ana Osório, cofundadora da MARIALMA.

A gama de artigos da MARIALMA inclui, também, lençóis para recém-nascidos e crianças que “tenham pele atópica, proporcionando um ambiente de cama mais saudável e fresco”. A preocupação ambiental é um dos seus pilares, pelo que não recorre à utilização de plásticos e todos os seus processos produtivos procuram a máxima minimização do impacto ambiental, produzindo, assim, no sistema made-to-order (por encomenda), evitando “desperdício e um custo desnecessário de armazenamento”. Os produtos estão disponíveis exclusivamente online na página da marca, sendo que 1% das suas vendas reverte para a Associação Encontrar+se, uma Instituição Particular de Solidariedade Social que promove iniciativas de apoio à saúde mental.

PUB
 www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=092022-bifedeatum&utm_campaign=sabordomes