CMPorto

São João volta a reunir milhares de pessoas nas ruas do Porto

São João volta a reunir milhares de pessoas nas ruas do Porto

Depois de dois anos marcados pela pandemia, a festa de São João voltou às ruas do Porto e não faltou o tão aguardado fogo de artifício, lançado no rio Douro. Este ano as celebrações foram espalhadas por três palcos principais e outros tantos em cada uma das sete freguesias da cidade.

A Praça da Casa da Música recebeu Chico da Tina e nos Jardins do Palácio do Cristal a festa fez-se com hits dos anos noventa, passados pelos os Santos Noventeiros, e atuações de Romana, Saúl e Marante. Já no Largo Amor de Perdição, na zona da Cordoaria, o baile prosseguiu com animação assegurada por Toy e José Malhoa.

O ponto alto da noite reuniu milhares de pessoas nas duas margens do rio Douro para assistir, ao tradicional fogo de artifício de São João. Com cerca de 15 minutos, o espetáculo pirotécnico foi realizado a partir do rio Douro, por razões de segurança, visto que a Ponte Luís I se encontra em obras, no tabuleiro inferior.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, também se juntou à festa para voltar a “vibrar com o São João onde ele é mais forte em Portugal”, afirmou. Marcelo Rebelo de Sousa matou saudades da noite mais longa do ano no Porto e disse estar “muito feliz porque desconfinamos e podemos estar juntos, celebrar juntos. Há dois anos que esperávamos por isso”.

Foto: Porto.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes