PUB
Recheio 2024 Institucional

São João regista recorde de admissões nas urgências

São João regista recorde de admissões nas urgências

Na última segunda-feira, a Urgência do Hospital de São João viveu um dia “triste” ao registar um número recorde de admissões. No total, o serviço atendeu, em apenas 24 hroas, 1.022 doentes, o “maior número de casos de urgência de que há registo” e a situação poderá “piorar”.

O alerta foi dado pelo diretor da Unidade Autónoma de Gestão de Urgência e Medicina Intensiva, Nelson Pereira, que avançou do total de doentes, 144 foram admitidos na área respiratória, 53 dos quais testaram positivo para o novo coronavírus.

“Temos de ter uma política coerente. Se a doença já não é grave e já não tem repercussões sérias sobre os serviços de saúde, então temos de ser coerentes com essa decisão: ou continuamos a achar que é preciso que toda a gente faça teste, logo é preciso generalizar o acesso aos testes, ou não podemos castigar os serviços de urgência onde vem parar tudo”, destacou, em declarações aos jornalistas.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

De acordo com o responsável, a Queima das Fitas do Porto e os festejos do FC Porto, pelo título de campeão, poderão ter repercussões no que respeita ao aumento de infeções por covid-19, assim como outros festejos que se aproximam, e pediu “coerência” nas medidas.

“Os Serviços de Urgência têm de ser poupados sob pena de prejuízo para os doentes graves (…) Os cuidados saúde primários continuam a não dar resposta ao doente agudo e já não têm as ADR [áreas dedicadas a doentes com infeção respiratória]”, afirmou, lamentando que o SNS24 envie “indevidamente doentes para o Serviço de Urgência com situações simples”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
PD- Literarura Infantil