PUB
Recheio 2024 Institucional

Santo Tirso dá “nova vida” à principal entrada da cidade

Santo Tirso dá “nova vida” à principal entrada da cidade
A Câmara de Santo Tirso investiu 800 mil euros para “dar nova vida” à principal entrada da cidade, solucionando os constrangimentos na circulação rodoviária local.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Em causa está a requalificação da praça Camilo Castelo Branco, que incluiu a criação de uma rotunda, passeios alargados e percursos pedonais e cicláveis.
“Temos hoje uma nova entrada na cidade, com mais dignidade e mais qualidade. Este é um cruzamento essencial, distribuidor de tráfego num local onde passam milhares de pessoas por dia, e o seu funcionamento em pleno é fundamental para a boa circulação do trânsito da cidade”, explica o presidente da Câmara de Santo Tirso, Joaquim Couto.
Trata-se da entrada Sul, uma das mais movimentadas entradas neste concelho, somando-se a Poente (direção para Trofa) e a Norte/Nascente (em direção a Guimarães).
Num investimento da autarquia no valor de 800 mil euros, a intervenção também inclui a resolução de uma questão associada a um prédio abandonado no local há cerca de 30 anos.
Em junho de 2016, a Câmara de Santo Tirso assinou um protocolo sobre a requalificação deste edifício e no comunicado enviado esta terça-feira às redações, Joaquim Couto conta que o prédio “está atualmente na fase de limpeza interna, de reorganização e de demolição”.
“O projeto de arquitetura está completamente concluído, e seguir-se-á o licenciamento. À semelhança de outros empreendimentos de interesse municipal, a câmara está a trabalhar muito de perto com este projeto, e, portanto, dará todas as facilidades, dentro da lei, para que tudo seja feito o mais rapidamente possível” explica o autarca.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem