RECHEIO 50 ANOS

Rui Rio admite não ter dinheiro para reabilitar bairros sociais

Perante o cenário de austeridade que o país atravessa, Rio destacou a necessidade de se estabelecerem “prioridades” de intervenção.
Em resposta a uma proposta de recomendação do PS, que pretendia que a autarquia fizesse, num prazo de 90 dias, um “plano calendarizado para intervenção no bairro do Bom Pastor e no espaço público”, Rui Rio explicou que, tendo em conta a existência de tantos bairros, não é possível dar prioridade ao destacado, sendo que essa tarefa estará a cargo da empresa municipal Domus Social, que gere o parque habitacional da autarquia. Assim sendo, a proposta socialista acabou por gerar divisões: o executivo aprovou por unanimidade a necessidade de reabilitar o bairro, mas chumbou a calendarização proposta pelos socialistas, com os votos contra da maioria.
PUB
 www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=062022-rolodecarne&utm_campaign=sabordomes

Viva! no Instagram. Siga-nos.