PUB
Santander Saúde

Receitas da autarquia do Porto aumentam no primeiro trimestre do ano com impostos e estacionamento

Receitas da autarquia do Porto aumentam no primeiro trimestre do ano com impostos e estacionamento

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, afirmou esta segunda-feira que a receita cobrada pelo município no primeiro trimestre atingiu 48,8 milhões de euros, “mais 20,6 do que no período homólogo” do ano anterior.

Rui Moreira destacou que as receitas fiscais cresceram 7,8 milhões e a autarquia recebeu ainda 9,8 milhões pela concessão da gestão e exploração dos lugares de estacionamento pago na via pública.
O Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) rendeu mais 3,8 milhões de euros e a derrama cobrada subiu 5,6 milhões de euros no mesmo período. O Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e o Imposto Único de Circulação (IUC) caíram globalmente pouco mais de 250 mil euros.
O autarca portuense referiu ainda que “a dívida bancária de médio e longo prazo, incluindo ‘leasing’, ascende a 77,7 milhões de euros, registando uma redução de 7,3 milhões face ao mesmo período de 2015”.
“É ainda de registar a inexistência de dívida bancária de médio e longo prazo nas empresas municipais”, assinalou Rui Moreira.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
PD- Literarura Infantil