CIN - Branco Perfeito

Projeto “Meu Bairro, Minha Rua” arranca para mais três quarteirões de Gaia

Projeto “Meu Bairro, Minha Rua” arranca para mais três quarteirões de Gaia

Depois de passar pelo quarteirão de Quebrantões, do Cedro e de António Sérgio, o projeto da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia “Meu Bairro, Minha Rua” chega agora ao quarteirão Senhora da Graça (Grijó), quarteirão de S. João (Canelas) e quarteirão do Espinheiro (Canidelo). 

Segundo avança a autarquia, o processo está, neste momento, na fase de distribuição dos questionários aos moradores, numa iniciativa que decorre porta a porta. O objetivo é que estes identifiquem os principais “problemas e desafios” das três zonas em causa, de forma a permitir a construção de uma “comunidade coesa, com objetivos de desenvolvimento comuns”. 

“É um projeto que procura envolver famílias (encontro e colaboração intergeracional para colmatar o isolamento social e a desfragmentação), a escola (formação e capacitação de docentes e educadores e capacitação de crianças e jovens pela metodologia e clubes Ubuntu), as empresas (para promover a responsabilidade social para o desenvolvimento comunitário) e a comunidade (envolvimento alargado da comunidade, percebendo o conceito de interdependência comunitária)”, salienta o município. 

Recorde-se que o “Meu Bairro, Minha Rua”, uma iniciativa da Câmara Municipal de Gaia, que conta com o apoio do Instituto Padre António Vieira (IPAV), através do programa “Ubuntu no Bairro”, arrancou em 2019, de forma experimental, no quarteirão da Biblioteca Municipal.  

O projeto nasceu da vontade de encontrar soluções e garantir que as preocupações da comunidade sejam sinónimo de um processo de revitalização permanente, levando a Vila Nova de Gaia uma visão de futuro projetada por cada cidadão.  

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes