Philips S9000

Praias de Matosinhos já começaram a ser vigiadas

Praias de Matosinhos já começaram a ser vigiadas

Apesar da época balnear no Norte arrancar apenas a 27 junho, as praias de Matosinhos começaram já, este domingo, a ser vigiadas por uma equipa de nadadores salvadores, contratados pela Câmara Municipal local sob jurisdição da Agência Portuguesa do Ambiente.

Num investimento que ronda os 100 mil euros, a autarquia comprometeu-se a assumir os custos de remuneração dos 21 elementos encarregues de vigiar as praias de Angeiras Norte, Angeiras Sul, Funtão, Pedras do Corgo, Agudela, Quebrada, Marreco, Memória, Cabo do Mundo, Aterro e Azul.

Como explica Luísa Salgueiro, presidente da Câmara, citada numa nota divulgada na página oficial da autarquia, o objetivo da iniciativa é “dar uma resposta adequada à elevada procura que se estima vir a ocorrer este verão, pois muitas famílias prescindirão de viajar para outros locais onde normalmente procurariam gozar as férias balneares”. “O bom tempo está a chegar e, apesar de este ano a época balnear ser mais curta, as pessoas naturalmente procurarão as praias para os seus momentos de lazer”, salientou ainda.

Segundo a autarca, esta é também uma forma de apoiar os concessionários das praias “neste momento difícil” e de assegurar “a segurança dos milhares de banhistas que se esperam na nossa orla costeira”.

Recorde-se que a Praia de Matosinhos lidera, a Norte, a lista de areais com maior lotação autorizada em tempo de pandemia, com capacidade para 8300 banhistas, de acordo com os dados divulgados na semana passada pela Agência Portuguesa do Ambiente.

Foto: CM Matosinhos

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem