Sogrape

Posturas incorretas aumentam o risco de dor. Conselhos práticos para atividades diárias.

Posturas incorretas aumentam o risco de dor. Conselhos práticos para atividades diárias.

O teletrabalho e o ensino à distância, obrigatórios no atual contexto de pandemia de covid-19, exigem que a maior parte dos cidadãos passem muitas horas sentados a trabalhar no computador e que negligenciam a prática de exercício físico, tendo tendência a adotar posturas incorretas que podem agravar lesões prévias e aumentar o risco de dor.

“As posturas incorretas nas atividades diárias são responsáveis por múltiplos episódios de dor e por vários desequilíbrios no sistema músculo-esquelético”, alerta Ana Pedro, presidente da Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED).

De acordo com a responsável, para o bem-estar da saúde devem ser tidas em conta “a prática regular de atividade física e as questões posturais” assim como “a manutenção de um peso saudável, no combate ao sedentarismo”.

De forma a consciencializar os portugueses para a importância de manter uma postura correta nas atividades diárias em casa ou no trabalho, sobretudo neste período, ainda de confinamento, e no âmbito do Dia Mundial da Atividade Física, que se assinala esta terça-feira, a Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) deixa alguns conselhos práticos.

O objetivo, explica, é “evitar problemas futuros relacionados com a postura incorreta”.

Siga estes conselhos:

– A trabalhar, deve manter a coluna alinhada e encostada às costas da cadeira, com os pés pousados no chão, os joelhos fletidos num ângulo de 90° e a cabeça virada para a frente, alinhada com o tronco;

– Para evitar estar na mesma posição durante muito tempo, procure fazer intervalos curtos e aproveite para fazer alguns alongamentos musculares;

– Pratique exercício físico moderado regularmente, especialmente depois de muitas horas sentado;

– Faça exercício físico com orientação técnica adequada, no sentido de evitar compensações posturais que acarretem depois dor ou lesão músculo-esquelética;

– Ao levantar e transportar cargas ou pesos, coloque-se com os pés separados ao nível dos ombros e o mais próximo possível da carga. Deve fletir os joelhos e manter o peso equilibrado nos dois lados do corpo para evitar fletir ou dobrar as costas para a frente;

– Se tiver possibilidade de caminhar, faça-o para aliar a sua saúde física à mental. Bastam 30 a 40 minutos de caminhada diária para manter a condição física e equilibrar a saúde, evitando o sedentarismo e a doença crónica.

PUB
bandodomar.pingodoce.pt/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=080321-bando&utm_campaign=lancamento

Viva! no Instagram. Siga-nos.