CMPorto

Portugueses apostam mais na Premier League do que na Liga Portuguesa

Portugueses apostam mais na Premier League do que na Liga Portuguesa

A constelação de estrelas, internacionais e nacionais, que pontuam a mais emblemática competição de futebol do velho continente continua a captar a atenção da maioria dos portugueses que fazem apostas desportivas online em detrimento daquilo que acontece nos retângulos de jogo da Liga Portuguesa.

Esta é uma das conclusões que se podem retirar da análise do mais recente relatório produzido pelo SRIJ (Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos), entidade que supervisiona e regula a atividade de jogo online em Portugal, sobre a atividade de jogo e apostas online no nosso país durante o 4º trimestre do ano passado.

De acordo com este documento, dentro da categoria das apostas desportivas online, 9,8% dos 345,4 milhões de euros em volume de apostas verificados no período em análise, pertenceram a apostas na Premier Legue inglesa. Como afloramos, a competitividade, a história e a presença de alguns dos principais jogadores e treinadores portugueses envolvidos nesta competição acabaram por dar o primeiro lugar deste ranking das preferências dos apostadores portugueses.

Apesar de não levar a medalha de ouro, a Liga Portuguesa fica à frente da La Liga de “nuestros hermanos”, da Serie A italiana de Cristiano Ronaldo e mesmo da estratosférica UEFA Champions League conseguindo um honroso segundo lugar com 9,1% das apostas.

Ao contrário do que é comum ouvirmos e das muitas polémicas em que é fértil, a principal competição de futebol profissional portuguesa continua a falar ao coração dos adeptos lusos e, também das principais casas de apostas mundiais como é o caso da Bwin.

A entrada deste gigante no mercado português foi assinalada com a notícia de que a Bwin irá ser, a partir de julho e durante cinco épocas, o principal naming sponsor da Liga Portuguesa que se passará a chamar “Liga Portugal Bwin”.

Ainda a respeito deste acordo e da importância da Liga Portuguesa para os apostadores portugueses, Marcus Silva, Managing Director Entain (ENT.L) e responsável da Bwin, explicou que “a Bwin quer fazer parte desta parceria porque, através dela, vamos alcançar uma visibilidade de mercado muito grande. Vamos mandar uma mensagem positiva para o mercado português, de que chegámos para ficar, e que defendemos princípios dentro da indústria como o jogo honesto, responsável, e com o máximo de atenção pelo cliente”.

Clientes que já têm acesso detalhado a tudo o que a bwin trará ao mercado português através do ApostasOnline.pt, um portal especializado em casinos e casas de apostas desportivas online presentes em Portugal.

Mercado português de apostas desportivas online em crescimento acentuado

O segundo lugar da Liga Portuguesa nos dados revelados pelo SRIJ acaba por adquirir uma dimensão secundária em face dos números totais que revelam, acima de tudo, a grande vitalidade do setor em Portugal.

Depois de uma quebra nos primeiros seis meses de 2020 devido ao adiamento ou cancelamento da maioria das competições desportivas, a entrada no verão recuperou o crescimento gradual e sustentado que a categoria das apostas desportivas online ia experienciando no pré-pandemia.

Assim, no terceiro trimestre de 2020, esta categoria registou 222,8 milhões de euros em volume de apostas, mais 132,1 milhões do que no trimestre anterior e mais 108,8 milhões do que no mesmo período de 2019. Este crescimento acentuou-se no trimestre seguinte com o valor a ascender a 345,4 milhões de euros, mais 159,7 milhões face ao período homólogo e mais 122,6 milhões face ao 3º trimestre de 2020.

Números francamente positivos são, igualmente, oferecidos pela análise das receitas brutas. No último trimestre do ano passado, as receitas brutas registadas pelas apostas desportivas online alcançaram os 64,1 milhões de euros, valor superior em 30,4 milhões face a igual período de 2019 e mais 21,6 milhões do que no trimestre anterior.

Uma última palavra para o número de apostadores. Nem a pandemia cortou a onda positiva sentida pelo setor neste item específico. Só no último trimestre do ano passado, o SRIJ verificou a prática de jogo online em cerca de 675 mil apostadores, um número muito superior ao registado no trimestre anterior, altura em que 473,2 mil pessoas procuraram apostar online.

Destes milhares de apostadores, 42,7% apostaram unicamente em apostas desportivas online, valor a que se somam os 28,6% que se dividiram entre estas e as apostas em jogos de fortuna ou azar.

O 4º trimestre de 2020 foi, igualmente, o período onde se verificou o maior número de novos registos com 298,3 mil novos apostadores a chegarem ao mercado português das apostas online, o que significa que um crescimento de 129,9 mil apostadores em relação ao período homologo de 2019 e mais 137 mil face ao trimestre anterior.

Artigo patrocinado

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/gastronomia-dos-acores-e-madeira-na-sabe-bem-de-outono/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=240921-ta5&utm_campaign=sabebem63

Viva! no Instagram. Siga-nos.