Philips

Portuguesa vence prémio de inovação europeu

Portuguesa vence prémio de inovação europeu

Sara Guimarães Gonçalves, antiga estudante da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) e cofundadora da Trigger Systems – startup que pretende poupar água -, é a primeira portuguesa a conquistar um dos prémios do Instituto Europeu de Inovação em Tecnologia (EIT).

Licenciada em Ciências de Engenharia pela FCUP, Sara Guimarães Gonçalves foi distinguida na categoria EIT Woman, destinada a projetos desenvolvidos por mulheres na União Europeia, tornando-se na primeira portuguesa a vencer um prémio EIT.

O galardão distinguiu um pitch protagonizado por Sara sobre a sua startup, que utiliza o melhor da tecnologia na agricultura para reduzir o desperdício de água. O trabalho foi apresentado em Budapeste, na Hungria, perante investidores, políticos, comissários europeus e jornalistas.

O prémio, no valor de 20 mil euros, será aplicado na sua empresa para “desenvolver uma tecnologia a pensar nas vacas, uma espécie de cercas virtuais para substituir as cercas físicas”, avança o portal de notícias da Universidade do Porto.

A Trigger Systems, criada em 2017, disponibiliza um conjunto de sistemas “inteligentes” que permitem optimizar até 50% nos consumos de água e energia em jardins e na agricultura. A startup baseia-se em sistemas de previsão – em vez dos tradicionais sensores – para que a distribuição de água seja mais eficiente.

Um júri internacional escolheu os vencedores do Prémios EIT, que contaram com 19 candidatos de toda a Europa, competindo em categorias que reconhecem a excelência em inovação nas áreas do clima, energia, digitalização, alimentação, saúde e matérias-primas, refere ainda a U.Porto.

Foto: EIT

PUB
www.youtube.com/watch?v=sGBN85XLjXI/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=natal