PUB
Philips S9000

Portugal volta a estar na “boca do mundo”

Portugal volta a estar na “boca do mundo”

Se ainda havia dúvidas que a doçaria portuguesa conquistava gulosos por todo o mundo, o ranking elaborado pelo TasteAtlas, guia de viagem experiencial para comida tradicional, veio confirmar a verdade. A lista, composta por doces e salgados feitos com massa folhada, classifica 100 produtos tradicionais, originários de vários países, e o pastel de Belém conquistou o primeiro lugar.

No segundo lugar encontra-se o pastel de nata, e desengana-se quem acha que os dois são iguais. O pastel de Belém tem a particularidade de ter fabrico exclusivo na Antiga Confeitaria de Belém, junto ao Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa. Os ingredientes são diferentes, mas, uma vez que a receita é secreta, não é conhecido o elemento que os distingue.

Já a bola de Berlim conseguiu a 26ª posição no ranking. O bolo tradicional alemão chegou até nós na Segunda Guerra Mundial, “pela mão de refugiados judeus” e, apesar de originalmente ser recheado com doces de frutos vermelhos, foi adaptado e recheado com o bem português creme de pasteleiro.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Os famosos travesseiros de Sintra, doces recheados com creme de ovo e amêndoa, ocupam o 94.º lugar.

No top5, além dos pastéis de nata e de Belém, encontram-se a focaccia di Recco, de Itália, em terceiro lugar, os suecos kanelbulle no quarto lugar, e o búlgaro banitsa em quinto lugar.

Pode consultar a lista completa aqui.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem