CIN Vinylclean

Portugal vive “situação de seca” mais grave dos últimos anos

Portugal vive

Numa altura em que 66% do território nacional está em seca extrema e outros 33% em seca severa, a ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, e o ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro, apelaram, em conferência de imprensa, ao uso eficiente da água e para que poupem “em todas as dimensões que seja possível poupar”.

“Apesar da situação grave, temos água salvaguardada para consumo humano para dois anos”, garantiu o ministro do Ambiente e da Ação Climática.

A Comissão Permanente de Prevenção, Monitorização e Acompanhamento dos Efeitos da Seca esteve reunida para fazer o “acompanhamento pormenorizado” da situação de seca no país e no final da reunião, para lá das conclusões especializadas, Duarte Cordeiro afirmou que é necessário criar o hábito de “viver com menos água”, e essa regra é válida “para todos os portugueses, independentemente da região”.

O ministro salientou que a prioridade continua a ser “salvaguardar a água para consumo humano” e garantir a “hierarquia dos usos da água”. A comissão permanente para acompanhamento da situação tem reunido todos os meses e, segundo Duarte Cordeiro, irá decorrer “no final deste mês, em Lisboa” uma reunião com as autoridades espanholas para apurar “o cumprimento de responsabilidades de cada uma das partes”.

Isto porque o país vive “uma das situações mais graves, talvez a mais grave desde 1931”, e por isso será necessária “estreita colaboração com Espanha”, que também vive um ano difícil ao nível de seca, apontou Duarte Cordeiro.

Sobre a situação da agricultura, a ministra Maria do Céu Antunes informou que, das 44 albufeiras monitorizadas, 37 albufeiras “apresentam níveis de armazenamento que asseguram a campanha de rega para 2022”, algo que só é possível devido ao uso “criterioso” da água em certas geografias e aos “planos de contingência” aplicados.

Ainda assim, há nesta altura as albufeiras de Arcossó e Vale de Madeiro, na região Norte, e da Bravura, Santa Clara, Campilhas, Fonte Serne e Monte da Rocha, no Algarve e Alentejo apresentam limitações de forma a garantir o abastecimento público de água.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=menuchef