Philips

Portugal a acompanhar de perto a situação na Guiné-Bissau

“É uma situação que nós acompanhamos a par e passo, com o cuidado de ter as condições para, se for necessário, fazermos a operação de evacuação que esperamos não aconteça”, referiu o ministro.
De recordar que a Guiné-Bissau está, há uma semana, sob controlo de um Comando Militar que executou um golpe de Estado, sequestrando o Presidente da República e o primeiro-ministro. A comunidade internacional condenou o golpe e Portugal já enviou uma fragata e uma corveta, que compõem a Força de Reação Imediata das Forças Armadas portuguesas, para preparar a eventual retirada de cidadãos nacionais daquele país.
Fonte parlamentar afirmou à Lusa que o ministro da Defesa vai ao Parlamento na próxima sexta-feira para debater com os deputados a situação na Guiné-Bissau, numa reunião que será à porta fechada.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=menuchef