RECHEIO 50 ANOS

Porto renova apoio financeiro para os ATL da Obra Diocesana

Porto renova apoio financeiro para os  ATL da Obra Diocesana

O Município do Porto vai continuar a assegurar a resposta social de Centros de Atividades de Tempos Livres (CATL) à comunidade, através da atribuição de mais um apoio financeiro excecional à Obra Diocesana de Promoção Social, anuncia a autarquia no portal de notícias.

O montante superior a 45 mil euros é atribuído pelo período de um ano, não renovável, e pretende “garantir a continuidade da resposta social de CATL à comunidade, até ser encontrada alternativa estruturada”, refere a proposta do vereador da Coesão Social, Fernando Paulo, aprovada por unanimidade na reunião de Câmara privada desta segunda-feira.

Este apoio surge na sequência de uma decisão tomada há um ano pelo município, que entendeu “justificado o apoio à Obra Diocesana no montante de 100 mil euros para manter a resposta nos Centros Sociais da Fonte da Moura, Lagarteiro, Regado e São Roque da Lameira”.

O vereador da Coesão Social sublinhou que “a Obra Diocesana em colaboração com o Município e com a Segurança Social, encontrou uma solução alternativa no território para os utentes dos CATL de Fonte da Moura e do Regado”.

Em atividade permanecem os CATL do Lagarteiro e São Roque da Lameira, cuja continuidade é assegurada pelo apoio financeiro excecional, “de forma a não criar uma rutura na oferta destas atividades aos agregados familiares, nos referidos territórios”, acrescentou.

Fernando Paulo disse ainda em declarações aos jornalistas, no final da reunião, que “durante este ano trabalhámos para encontrar alternativa. Foi possível encontrar uma resposta adequada em dois casos; os outros dois têm de ser mantidos em funcionamento. Vamos manter as reuniões de trabalho para encontrar alternativas”.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=peixe&utm_campaign=sabordomes