Santander Escolhas

Porto recebe edição 2021 do Womex, o maior evento mundial da indústria musical

Porto recebe edição 2021 do Womex, o maior evento mundial da indústria musical

A cidade do Porto vai ser palco da edição 2021 do Festival Womex – The World Music Expo, um dos eventos mundiais mais importantes para os profissionais da indústria da música. O anúncio foi feito, na terça-feira, em conferência de imprensa, realizada no Teatro Municipal do Porto – Rivoli, que contou, entre outros, com as presenças de Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, Graça Fonseca, ministra da cultura e de Alexander Walter, diretor geral do Womex. 

O festival realiza-se de 27 a 31 de outubro, numa estreia absoluta em Portugal, e terá como “centro nevrálgico” a Alfândega do Porto, local onde, no período diurno, vai decorrer a feira comercial, com 300 stands, e o ciclo de conferências. Segundo o município, a feira comercial é um dos “principais atrativos” do festival, plataforma privilegiada para o networking entre artistas, agentes, editores, managers, promotores de eventos, técnicos e jornalistas. 

O programa vai estender-se ainda a mais sete palcos da cidade, nomeadamente o Coliseu do Porto, o Rivoli, a Casa da Música, o Hard Club, o Cinema Passos Manuel e os teatros São João e Sá da Bandeira, onde serão apresentados cerca de 60 concertos showcase. 

Além disso, estão ainda previstas 16 projeções, no âmbito do ciclo de filmes e documentários, e a realização da Womex Awards, cerimónia que distingue, anualmente, os maiores numes da música mundial, e que terá lugar na Casa da Música. 

Na sessão de apresentação do festival, António Miguel Guimarães, produtora responsável pela realização do festival no país, afirmou que a realização do festival em Portugal “é um marco histórico”, que ambicionavam há mais de 20 anos. Por sua vez, Rui Moreira realçou a “grande esperança” que tem que o evento sirva de “oportunidade para a divulgação da música da lusofonia e da sua singularidade ainda desconhecida pela maioria”, em especial a proveniente dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP). 

“Em tempos tão conturbados como este [tendo em conta o atual contexto de pandemia de covid-19] é importante que se realize no Porto. Os produtores, os músicos, os profissionais, precisam de um lugar atrativo para se reencontrarem”, afirmou Alexander Walter, de acordo com o comunicado divulgado na página Porto, sublinhando que a cidade tem todos os ingredientes capazes de proporcionar um bom festival, desde o rio à gastronomia, passando pela sua beleza histórica e localização privilegiada. 

Foto: Miguel Nogueira | CM Porto

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sinta-o-natal-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem70&utm_campaign=sabebemfazbem