PD -Revista Sabe Bem - Novembro

Porto aprova atribuição de novas bolsas do programa “Shuttle”

Porto aprova atribuição de novas bolsas do programa “Shuttle”

Depois dos últimos 16 projetos apoiados no âmbito do programa de internacionalização artística “Shuttle”, a Câmara Municipal do Porto aprovou, na última reunião do executivo, a atribuição de mais nove bolsas.

Em causa estão os projetos “Abrupt por Berru” e “Dust Devices”, de Mera Label, “An archaeology of SAAL/Uma arqueologia do SAAL”, de Ilusão Adiada, “err0r_c0de”, de frescxs100nada, “DIY Porto Performance Artists: Index & Scores”, de Beatriz Albuquerque; “IO – Paisagens, Máquinas, Animais”, do balleteatro, “La Vie Invisible”, de Raquel Guerra, “Russian Cosmism School” e publicação “Anton Vidokle”, de Alexandra Balona,“VIBRA”, de JP Coimbra, e “WOMB”, de Paulina Almeida.

Selecionados entre 17 candidaturas a concurso, os projetos enquadram-se nas quatro áreas abrangidas pelo programa – artes visuais e curadoria, artes performativas, performance e composição musical e tradução e criação literária e ensaística, refere a Câmara Municipal do Porto.

Este ano, recorde-se, o programa, lançado em 2018, com o objetivo de “apoiar a internacionalização de projetos criados e desenvolvidos por artistas e agentes culturais” sediados na cidade do Porto, contou com um orçamento total foi de 75 mil euros.

Até então, o “Shuttle” já apoiou um total de 66 projetos, com bolsas que variam entre os 1500 e os 7500 euros.

PUB
track.adform.net/C/?bn=51188139

Viva! no Instagram. Siga-nos.