Sogrape

Polícias e Bombeiros disputam entre si para ajudar menino gaiense

Polícias e Bombeiros disputam entre si para ajudar menino gaiense

Polícias e Bombeiros juntam-se num torneio de futebol de cinco, organizado pela Associação Desportiva de Árvore Forças Segurança Unidas, para ajudar Filipe, ou, como é conhecido, Pipinho.

O menino gaiense de apenas 15 anos, sofre de uma doença genética rara, a síndrome de Norrie. Este síndrome impede-o de falar, andar e ver.

Sobre este cenário, a Associação Desportiva de Árvore Forças Segurança Unidas (ADAFSU), organizou um torneio de futebol que decorrerá dia 17 de julho no complexo desportivo de Árvore, em Vila do Conde e o valor das inscrições reverte a favor de Pipinho.

A terapia do menino rondam os 2000 euros por mês, “Estamos a organizar mais um torneio para o Filipe, que já é um filho da associação, para ajudar nas despesas com as sessões de fisioterapia, que são muito dispendiosas e os pais não conseguem suportar”, explica o presidente da ADAFSU, Bruno Brini.

São um total de 10 equipas constituídas por bombeiros e polícias.

“Apelamos às equipas das forças de segurança e bombeiros para que se unam em prol desta causa e que, no dia 17, se juntem a nós para ajudar o Filipe, porque quantos mais formos, maior será a ajuda”, lembra o fundador da associação, que conta ter ainda três equipas convidadas, de outras associações, que “também joguem pela solidariedade”.

Continua a ser possível ajudar o jovem através de donativos para a conta solidária (NIB 003501240001656900080) divulgada na página de Facebook “Todos juntos pelo Filipe Ferreira”.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem