CM Matosinhos

Pinto da Costa reeleito presidente do FC Porto

Pinto da Costa reeleito presidente do FC Porto

Jorge Nuno Pinto da Costa foi, este domingo, reeleito presidente do FC Porto, iniciando, assim, aquele que será o seu 15.º mandato à frente do clube azul e branco.

A lista liderada pelo atual presidente portista recolheu 68,65% dos votos, seguindo-se a lista encabeçada por José Fernando Rio, com 26,44% dos votos e a lista de Nuno Lobo, com 4,91%, informou o clube, no final da noite.

Pinto da Costa agradeceu a todos os sócios que votaram e, “de uma maneira especial, aos que confiaram” em si. “Num momento que não é fácil para ninguém, vieram dar-me um voto de confiança”, afirmou, fazendo referência ao “futuro vitorioso” que pretende alcançar. O líder portista salientou ainda a renovação que impôs à sua equipa no novo mandato e destacou, entre outros, o nome do ex-goleador Fernando Gomes, “um símbolo do FC Porto”, para dirigir a área do futebol de formação.

Horas antes, Fernando Gomes tinha-se mostrado positivo quanto à vitória da lista liderada por Pinto da Costa e afirmou que o FC Porto “é um clube com uma cultura único no mundo”. “Estou muito feliz porque, vencendo o nosso presidente, Pinto da Costa, vence o FC Porto. É uma honra pertencer a esta direção, é um sonho realizado, mas temos muito trabalho pela frente. E também por isso é que nos candidatámos, para continuar a servir o FC Porto com competência, rigor, dedicação e ambição cada vez maiores para continuarmos a engrandecer o nosso clube. É um clube com uma cultura única no mundo”, reforçou depois.

Depois de serem divulgados os dados oficiais, também Vítor Baía, que irá assumir o cargo de vice-presidente do FC Porto, manifestou o seu contentamento por esta vitória. “Dois dias de grande manifestação de portismo, de pujança e força. Estou feliz com o resultado final e é uma honra para mim poder regressar e fazer parte deste novo mandato. É um dia muito especial, tenho que o afirmar. É um dia de grande alegria em termos pessoais”, destacou, salientando que esta demonstração de força nesta grande afluência vai ao encontro do que pensa: “Somos a maior força desportiva nacional. Estes adeptos são extraordinários e vivem muito o clube”.

De referir que Pinto da Costa foi eleito pela primeira vez como presidente do FC Porto em 1982.

Recorde-se que as eleições decorreram este fim de semana, depois de terem sido adiadas, no final do mês de março, para os dias 6 e 7 de junho, devido à pandemia de covid-19. De acordo com a imprensa nacional, este terá sido “o ato eleitoral mais participado do FC Porto neste século”, com a votação de 8.480 sócios.

A tomada de posse da nova direção do FC Porto, pela 15ª vez liderada por Jorge Nuno Pinto da Costa, está marcada para terça-feira.

Cidade do Futebol em Matosinhos

Na semana passada, Pinto da Costa revelou alguns dos pormenores da principal obra infraestrutural que pretendia erguer, caso fosse reeleito na presidência do FC Porto. Trata-se da “Cidade do Futebol”, que segundo avançou o dirigente, citado pelo Jornal de Notícias, nascerá em Matosinhos.

“Temos um terreno de 8 hectares no concelho de Matosinhos. O plano diretor já está alterado e o de pormenor já foi aprovado pela Câmara Municipal. Prevê sete campos de futebol de 11, um deles com bancada para 2500 lugares, e dois campos de futebol de sete. Terá uma zona residencial, um lar, um hotel para 100 camas e temos dois tipos de financiamento aprovados”, explicou, adiantando que o clube é que “terá de optar por um dos financiamentos”.

“Poderá ser um financiamento bancário, a 10 anos. Mas temos outra opção, com um investidor privado, que pagará tudo e terá a responsabilidade total da obra e nós pagaremos o aluguer durante 20 anos e, no fim, todo o complexo passa automaticamente para o F. C. Porto. Teremos de analisar o que é melhor para o FC Porto”, completou.

Foto: FC Porto

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.