CMPorto

Pequenos prazeres

Pequenos prazeres

Já imaginaram uma vida sem pequenos prazeres?

Por vezes, quanto mais pequenos, melhores! Foi o que pensou a Rita enquanto caminhava junto ao mar, a sentir a água a tocar nos pés, como que a tocar a alma! Percebeu que, apesar de todas as provações, a vida é muito bela!

E enquanto caminhava, recordava como lhe dava prazer tomar café, almoçar numa esplanada, ir à praia, conversar e estar com amigos, ler um livro, ouvir música, ver uma série, estar com os pais, visitar os avós, passear com o cão, o Brown, tirar fotografias,… enfim… A lista mental já ia demasiado longa, até que se lembrou de mais um pequeno prazer e sentou- -se a comer um gelado!

Aproveitou o momento só para si, saboreou sem pressa o Magnum Double de caramelo e deixou-se surpreender pela combinação deliciosa de chocolate e caramelo! Tãaaoo bom!

E para terminar em beleza, pediu um café! E, vocês, já se lembraram de ser felizes, hoje? Entreguem-se aos pequenos prazeres!

Andreia Abreu
Autora do livro “Os Dias da Maria”

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/diga-ola-ao-verao-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem&utm_campaign=sabebem