PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Pedro Passos Coelho recebe amanhã parceiros sociais

Pedro Passos Coelho recebe amanhã parceiros sociais

Para o responsável, a decisão do Governo de aumentar a contribuição dos trabalhadores de 11 para 18% para compensar a descida em 5,75 pontos percentuais da Taxa Social Única paga pelas empresas representa uma agressão ao “pilar da estabilidade”, já que os parceiros nem sequer foram ouvidos. “Os parceiros não podem ser utilizados para subscrever acordos e não serem ouvidos quando é para tomar decisões”, defendeu António Saraiva.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem