PUB
Recheio 2024 Profissional

Passos Manuel reabre programação para a noite de Halloween

Passos Manuel reabre programação para a noite de Halloween

A sala de espetáculos Passos Manuel vai celebrar o halloween, dia 31 de outubro, com a exibição de ‘Re-Animator’, um clássico de culto do cinema de terror dos anos 80, com festa pela noite dentro.

Após um ano sem atividade, Passos Manuel está de volta para uma noite antes do retorno à programação regular, que está agendada para janeiro de 2022, para a celebração da noite mais assustadora do ano.

Re-Animator – O Soro Maléfico, trata-se de um filme datado de 1980, baseado na obra de H.P. Lovecraft, e conta a história de uma busca obsessiva de um estudante de medicina por uma fórmula capaz de trazer os mortos de volta à vida.

O filme realizado por Stuart Gordon , conta com Jeffrey Combs e Bruce Abbott no elenco.

Antes do início do filme está programado a exibição de alguns trailers que transpiram toda a mística desta data tão marcada pela cultura pop. E após o filme a festa continua no local e Passos Manuel convida todos os que estiverem presentes a vestirem.-se de acordo com a data.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A sessão tem início às 21.30 e os bilhetes podem ser comprados no local, no próprio dia.

Em 2020, o projecto “Passos no Escuro” foi responsável por duas sessões esgotadas com The Room, considerado o “melhor pior filme de sempre”, que contou com a presença de um dos seus actores.

José Santiago, o criador da iniciativa, refere em comunicado que “a maioria destes filmes não foram pensados para serem vistos na solidão da sala de estar, mas para serem vividos com uma plateia, onde cada riso é contagiado pelo próximo e cada susto pode intensificar a experiência do seguinte”.

“O cinema comercial, ou o dito cinema de género, não tem de ser um demónio dentro dos circuitos independentes, e nestes deve ser encarado de forma descomprometida. Há que dar uma nova oportunidade em sala a filmes que, dentro da sua função lucrativa, foram (ou continuam a ser) veículos de autor e transgressivos na sua natureza. Se adicionarmos um sistema de som digno e um ecrã no formato pensado pelo autor, temos uma oportunidade única para a nostalgia se tornar presente”, acrescenta José Santiago.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
PD-Bairro Feliz