Revista Sabe Bem (Setembro/Outubro) - PD

Passos Coelho espera mudança de ciclo no final de 2012

Assim, a previsão do executivo PSD/CDS-PP é que 2013 seja o ano em que se comece a passar de um “período de contração para um período de estabilização que antecede o crescimento”.
“A nossa previsão é que a partir de 2013, como disse, haja recuperação da economia, e essa recuperação será mais pronunciada a partir de 2014. O que significa, portanto, que nós não estaremos no próximo ano em recessão, teremos uma ligeira retoma da economia, e ela será mais pronunciada a partir de 2014”, sublinhou Passos Coelho.
Ainda assim, o chefe de Governo considera fundamental que o país não pense que os resultados “já estão adquiridos”, não havendo qualquer risco de “isto voltar para trás”. “Há riscos, nós estamos numa situação muito difícil, ela não está ultrapassada. A situação de emergência nacional vai durar praticamente durante todo este ano. E, se quisermos garantir que atingimos os nossos resultados, não podemos baixar os braços nem um segundo”, defendeu.
Na mesma entrevista, Passos Coelhos voltou a referir que Portugal não precisará de mais dinheiro nem de mais tempo para o cumprimento do seu Programa de Assistência Económica e Financeira.
PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/um-regresso-saboroso-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=23092022-edicao69utm_campaign=sabebem