CIN

Parque das Serras do Porto apresenta rede de percursos pedestres

Parque das Serras do Porto apresenta rede de percursos pedestres

A empreitada de implementação da rede de percursos pedestres do Parque das Serras do Porto deverá estar concluída em seis meses e representa um investimento de 230 mil euros. No total, terá 259,2 quilómetros de extensão, contemplando uma grande rota e 18 pequenas rotas de trilhos distribuídos por todo o território do “Pulmão Verde” da Área Metropolitana do Porto.

O Parque das Serras do Porto abrange as serras de Santa Justa, Pias, Castiçal, Flores, Santa Iria e Banjas, numa área de aproximadamente seis mil hectares de zona verde dos concelhos de Gondomar, Paredes e Valongo.

Os 19 percursos distribuídos entre 18 pequenas rotas e uma grande, de 57 quilómetros, transversal aos três municípios, “começaram hoje [segunda-feira] a ser preparados”, anunciou o presidente executivo da associação do Parque das Serras, Alexandre Almeida.

“A previsão é que daqui por um mês e meio três desses percursos estejam prontos, um em cada um dos municípios e, daqui por meio ano, estejam todas as rotas implementadas no terreno, que totaliza 259,2 quilómetros de extensão”, disse o também presidente da Câmara de Paredes.

O investimento é de 230 mil euros, sendo que “a maior parte destina-se ao mobiliário e sinalética” a ser colocada, num projeto que contempla também “um plano de comunicação e de informação acerca das rotas e uma aplicação web para ajudar quem fizer os percursos, fornecendo-lhes informação sobre o território que estão a visitar e os pontos de interesse”.

Na cerimonia de apresentação da Rede de Percursos Pedestres do Parque das Serras do Porto foi também anunciado “um projeto aprovado pelo Fundo Ambiental de preservação” dos rios Ferreira e Sousa “que vai permitir operacionalizar nove quilómetros de margens ribeirinhas”.

Serão eliminadas as plantas invasoras das margens ribeirinhas, fazendo nascer depois, nesses locais, plantas autóctones.

Destaque ainda para a futura Brigada de Sapadores Florestais do Parque das Serras do Porto, que deverá estar no terreno no início de 2021. Esta será formada por 17 elementos e “ficará instalada numa antiga escola em Aguiar de Sousa, em Paredes, no local mais central dos três municípios”, avançou Alexandre Almeida.

Foto: Parque das Serras do Porto

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.