Prémio de Literatura infantil - Fase Ilustração

Os perigos de usar uma rede Wi-Fi Pública: Como Usar Redes Públicas em Segurança

Os perigos de usar uma rede Wi-Fi Pública: Como Usar Redes Públicas em Segurança

Existem dois principais tipos de redes disponíveis na Internet: as públicas e as privadas. A grande diferença entre ambas é que, nas públicas, não é necessário nenhum tipo de senha para aceder. Por outro lado, nas conexões privadas é exigida uma palavra-chave de acesso específica.

As redes públicas são interessantes para quem deseja usar a Internet independentemente de onde estiver. Porém, existem alguns aspetos em relação à segurança que precisam ser considerados.

Os perigos da rede pública

Antes de continuarmos, é importante destacar que nem toda a rede pública é insegura. No entanto, se compararmos uma rede pública com uma privada, a segurança da rede privada é muito maior. Afinal, ela exige uma palavra-chave de acesso e geralmente conta com um roteador conhecido para onde as informações são enviadas.

Ao aceder uma rede pública para ver as redes sociais, consultar o e-mail, ou fazer transações financeiras, você automaticamente envia os seus dados para um roteador sem saber se ele tem a segurança necessária para proteger as suas informações. Esse é um dos perigos que uma rede pública oferece para o seu dispositivo e para os seus dados.

Existem ainda conexões que, na verdade, não são conexões à Internet. A ideia é disponibilizar uma rede para que, ao se conectar, você informe os seus dados para um terceiro. Essa pessoa ficará com as suas informações e as usará para ter vantagens financeiras, bem como para compartilhá-las na web.

Felizmente, a internet evoluiu e atualmente conta com recursos que ajudam a proteger as informações dos cibernautas. Independente de serem pessoas que buscam informações sobre oportunidades de trabalho ou apenas desejam aceder às redes sociais, o uso do VPN é um ótimo aliado para proteger os seus dados ao navegar em redes públicas.

O uso de redes públicas em segurança

Para entender como aceder a redes públicas em segurança é essencial ler artigos como https://surfshark.com/pt-br/learn/o-que-e-vpn. Afinal, entender como a VPN funciona e quais são as suas principais funções, permite que perceba como esta ferramenta pode ajudar a proteger os dados.

Resumindo, a VPN garante a conexão à Internet usando uma rede pública ou privada. Porém, o seu grande diferencial está na proteção de suas informações, bem como na privacidade de dados. Já que um servidor intermediário é utilizado para conectar você até a rede que você deseja.

Dessa forma, os seus dados são criptografados, o que torna mais difícil para um hacker aceder e usá-los. Essa criptografia avançada é aliada a ferramentas que protegem as suas informações, bem como alteram a localização do seu dispositivo, garantindo que seja praticamente impossível de rastreá-lo.

internet_3

A VPN é um serviço muito utilizado por quem deseja aceder a sites sem deixar rasto. Para usá-lo, deve procurar empresas que oferecem este serviço e instalar o programa ideal no computador. Vale a pena destacar que dispositivos móveis também não estão livres os perigos das redes públicas.

Redes públicas e dispositivos móveis

Como as redes públicas geralmente estão disponíveis em locais como parques, praças, e órgãos governamentais, é comum que os usuários se conectem usando dispositivos móveis. Essa conectividade via telemóvel faz com que o usuário também se exponha aos riscos da rede pública.

Por isso, usar uma VPN para iPhone ou Android também é uma boa opção. Já que as suas informações serão protegidas, bem como os dados preenchidos ao longo da atividade serão criptografados. Essa versatilidade e flexibilidade da VPN é outra característica que a distingue.

Escolha o VPN ideal

É inegável que os avanços tecnológicos fizeram com que a VPN fosse disponibilizada e popularizada entre os cibernautas. Porém, muitas já empresas oferecem este serviço hoje em dia. Por isso, saber qual delas é a melhor para o seu objetivo é uma tarefa que deve levar muito a sério.

Um bom software VPN disponibiliza o programa para diferentes dispositivos. Com isto, poderá usar a sua assinatura para proteger tanto o seu computador quanto o seu dispositivo móvel, o que permite que todos os seus aparelhos estejam protegidos contra ataques de terceiros.

Outro ponto interessante de uma boa VPN é a variedade de recursos de proteção que tem. Algumas empresas contam com poucas ferramentas para proteger os dados dos clientes. Portanto, foque em serviços que são completos e que têm boa credibilidade no mercado. Em resumo, o importante é que você aceda à Internet usando redes públicas tendo os seus dados completamente protegidos.

Artigo Patrocinado

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=052022-peitodefrangorecheado&utm_campaign=sabordomes

Viva! no Instagram. Siga-nos.