Recheio

Obra do Porto Business Plaza prossegue a bom ritmo

Obra do Porto Business Plaza prossegue a bom ritmo

A entrega dos primeiros espaços do novo centro de negócios da Invicta, o Porto Business Plaza, está prevista para janeiro de 2021.

Situado entre o Campo 24 de Agosto e a Rua de Santos Pousada, o empreendimento resulta da reabilitação e reconversão dos pisos 3 e 4 do antigo centro comercial Central Shopping, num investimento superior a 10 milhões de euros, promovido por uma empresa do grupo SDC Investimentos e comercializado em regime de exclusividade pela Cushman & Wakefield.

O futuro Porto Business Plaza, projetado pelos arquitetos Alexandre Burmester e Luís Alçada Baptista, disponibilizará perto de 20 mil metros quadrados para novos escritórios, sendo que até no início do próximo ano – data prevista da inauguração – já contará com a oferta de 16 mil metros quadrados. Segundo adianta o Diário Imobiliário, os novos espaços estão a ser alvo de muita procura. Na segunda fase, a iniciar em 2021, serão disponibilizados mais cerca de 3 mil metros quadrados.

Segundo António Castro Henriques e Gonçalo Andrade Santos, administradores do grupo SDC Investimentos, “já são plenamente perceptíveis os benefícios das intervenções em curso sobre a qualidade do espaço e confirma-se a sua aptidão para receber empresas que necessitem de instalações muito funcionais e de grande dimensão”.

Já para Duarte Corrêa d’Oliveira, do departamento de escritórios da Cushman & Wakefield no Porto, “Porto Business Plaza é a confirmação de que a zona oriental do Porto é um destino de escritórios e onde os grandes ocupantes querem estar devido à sua centralidade e aos excelentes serviços de transportes públicos de que usufrui”.

Para o vereador da Economia, Turismo e Comércio da Câmara do Porto, Ricardo Valente, que visitou recentemente a obra, “o sucesso deste empreendimento constitui mais uma prova da capacidade de atracção da cidade do Porto, da oportunidade estratégica do plano de requalificação da zona oriental da cidade e, em particular, da freguesia de Bonfim”.

O responsável referia-se ao investimento de 40 milhões de euros, “feito por um grupo israelita que, não assustado com a crise, prepara-se para construir no Bonfim um empreendimento residencial com cerca de 200 apartamentos, e ainda um empreendimento turístico”, explica o Porto..

Foto: Cushman & Wakefield

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.