CMPorto

O que a hora de dormir diz sobre nós

O que a hora de dormir diz sobre nós

Ao longo do dia, cada cidadão tem ações que podem revelar traços bastante curiosos da sua personalidade. Essas revelações acontecem a partir do momento em que acorda e reage a determinados estímulos do dia, até à altura em que se prepara para deitar. Pois é, a hora a que vamos dormir, e, inclusive, a forma como dormimos podem dizer muito sobre cada um de nós e sobre a forma como nos relacionamos com o mundo.

De acordo com a ciência, as pessoas que seguem uma determinada rotina – como acordar e tomar o pequeno almoço sempre à mesma hora, realizarem escrupulosamente todas as tarefas delineadas e irem para a cama num horário regular – têm tendência a ser “mais produtivas” e “bem sucedidas”.

A garantia é dada pel’O Sapo, que faz um resumo detalhado das personalidades dos cidadãos que se deitam num horário dito “normal”, entre as 20h00 e as 00h00, ou num mais tardio, até às 04h00.

Os portugueses ficam, assim, a saber, que quem tem por hábito adormecer no período entre as 20h00 e as 22h00, todas as noites da semana, são pessoas “cautelosas”, que “anseiam por uma rotina e ordem”. “Acima de tudo, priorizam a sua saúde e a sua agenda”, lê-se na informação divulgada.

Por sua vez, quem se deita ligeiramente mais tarde, não tem razões para se preocupar porque continua a ser considerada uma pessoa igualmente responsável, “trabalhadora” e “inteligente”, contudo já com uma “veia mais rebelde”. “As pessoas que adormecem entre as 22h00 e as 00h00 sabem que seguir uma rotina é a coisa mais responsável a fazer, mas não deixam de sentir a necessidade de forçar um pouco os limites”.

Além disso, caracterizam-se ainda por ser “confiáveis”.

Ainda que antigamente fossem poucos os casos com um hábito de sono mais tardio, a verdade é que este é um hábito cada vez mais intrínseco na sociedade contemporânea, pelas mais diversas razões. Há pessoas que se sentem “mais criativas durante a noite”, mais “enérgicas”, e, por isso, aproveitam as horas de maior silêncio para trabalharem ou simplesmente desfrutarem de passatempos que gostam, como ver televisão ou ler um livro.

Segundo os investigadores, não há qualquer problema em deitar-se entre as 00h00 e as 02h00, “desde que se consiga dormir o tempo aconselhado para ter equilíbrio e estabilidade”.

Já quem adota como horário para dormir o período estabelecido entre as 02h00 e as 04h00 são consideradas “rebeldes, impetuosas e de temperamento explosivo”. São normalmente associadas a um “espírito livre”, que não obedece às chamadas “regras convencionais”. Mas, atenção, “esta não é um hora normal para ir para cama”.

De acordo com a marca de bem-estar Forza Supplements, a hora e minuto ideais para ir para a cama é às 22h10. O facto de cada pessoa levar, em média, entre 15 a 20 minutos a entrar em sono profundo, faz com que o horário das 22h10 garanta “90 minutos (no mínimo) de sono REM (ou movimento rápido dos olhos, na sigla em inglês) antes da meia-noite”. Além disso permite ainda, dependendo, claro, da hora que toque o despertador, que se consiga dormir “as 7-8 horas de sono recomendadas por noite”, revelou o estudo realizado.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=peixe&utm_campaign=sabordomes