PUB
Philips S9000

Nuno M. Cardoso com duas peças de Simon Stephens no Teatro Nacional São João

Nuno M. Cardoso com duas peças de Simon Stephens no Teatro Nacional São João
O encenador Nuno M. Cardoso volta ao palco do Teatro Nacional São João, no Porto, desta vez com dois textos do dramaturgo britânico Simon Stephens que abordam o “quão mal ou bem” é possível fazer ao outro.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“Águas profundas + Terminal de aeroporto” vão estar em cena entre quinta-feira e domingo e contam com interpretação de Albano Jerónimo, António Durães, Íris Cayatte, Maria João Luís, entre outros, para além da música de Marco e Miguel Pereira para a primeira peça e de David Santos, mais conhecido por Noiserv, para a segunda.
“Situadas nas imediações de um aeroporto, as duas peças tratam de formas diferentes de amor e perda, devolvendo-nos experiências de vida numa cidade onde se chega, se espera ou se parte. ‘Wastwater’, título original de ‘Águas Profundas’ (2011), é o nome de um lago profundo e sombrio situado a poucos quilómetros de Heathrow, metáfora da escuridão e convulsão de um mundo só na aparência calmo, habitado por seis personagens apanhadas num momento crítico”, refere a sinopse das peças.
Em declarações aos jornalistas, Nuno M. Cardoso disse sentir que “Terminal de aeroporto”, a segunda peça, termina “com uma possibilidade de redenção que é o amor”.
Com múltiplas personagens em cenas distintas, as relações entre as diversas figuras fazem-se através dos “pontos de geográficos” na proximidade do aeroporto, mas também por momentos de diálogo ou até mesmo, num dos casos, por uma canção que é trauteada.
“Pessoas e quotidianos banais transtornados por situações-limite. Um díptico sobre relações e decisões, a desolação sem a esperança e a fuga”, lê-se na sinopse da peça.
Os bilhetes podem ir dos 16 aos 40 euros.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
PD- Literarura Infantil