CIN

Norte tem oito praias com a distinção “ZERO poluição”

Norte tem oito praias com a distinção “ZERO poluição”

No dia em que arrancou a época balnear deste atípico 2020 em algumas regiões portuguesas, a ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável anunciou as 68 praias com a distinção “ZERO poluição” em Portugal.

Entre as galardoadas, há oito praias no Norte, distribuídas pelos concelhos de Matosinhos (Pedras do Corgo), Vila Nova de Gaia (Aguda), Viana do Castelo (Afife, Ínsua e Paçô), Esposende (Fão-Ofir e Ramalha) e Caminha (Forte do Cão).

Segundo explica a associação, numa nota publicada no seu site, uma praia “ZERO poluição” é aquela em que não foi detetada qualquer contaminação microbiológica nas análises efetuadas às águas balneares ao longo das três últimas épocas balneares. Em 2020, as praias com ZERO poluição representam 11% do total das 621 zonas balneares em funcionamento, um aumento de 55 pontos percentuais, mais 24 praias, em relação às 44 classificadas no ano passado.

Os concelhos com maior número de praias “ZERO poluição” são Torres Vedras, que repete a boa classificação do ano anterior com 10 praias “ZERO poluição”, ainda também na zona Oeste, Peniche com cinco e Angra do Heroísmo, nos Açores, também com cinco. Tavira e Praia da Vitória, nos Açores, apresentaram quatro praias”, informa.

Aguda | Foto: Turismo Porto e Norte de Portugal

No documento publicado, a ZERO deixou ainda alguns alertas que considera “cruciais” neste início de época balnear, como a utilização apenas de “praias classificadas como zonas balneares, onde há vigilância e onde se conhece a qualidade da água” e o respeito pelo distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde. Além disso, destaca, os utentes não devem deixar resíduos na praia, devendo encaminhá-los, preferencialmente, através da recolha seletiva.

Cuidados adicionais deverão ser tomados ao deitar fora luvas e máscaras, afirma ainda, adiantando que “mais de 80 por cento dos 12,2 milhões de toneladas de plástico que entram no ambiente marinho em cada ano vêm de fontes terrestres, sendo o maior contribuinte o lixo de plástico, incluindo itens como garrafas de bebidas e outros tipos de embalagens”. “Este ano também estão a ser detetados resíduos consideráveis e máscaras e luvas no Mediterrâneo”.

Recorde-se que no Norte a época balnear tem início a 27 de junho e estende-se até ao dia 30 de agosto.

Foto de entrada: Matosinhos World’s Best Fish

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/take-away/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_campaign=menuchef&utm_content=070720-menu&utm_medium=banner&utm_source=vivaporto&utm_term=banner

Viva! no Instagram. Siga-nos.