PUB
Philips S9000

Misericórdia do Porto vence prémio Nacional de Reabilitação Urbana com Palacete Araújo Porto

Misericórdia do Porto vence prémio Nacional de Reabilitação Urbana com Palacete Araújo Porto

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O edifício que acolhe o Centro Corporativo da Misericórdia do Porto conquistou o primeiro lugar do prémio que distingue as melhores intervenções na área da reabilitação urbana em Portugal. O único projeto vencedor da área do Porto traduz o posicionamento da Misericórdia do Porto nesta área.

“Estamos, neste momento, a investir dez milhões de euros na reabilitação urbana”, avança António Tavares. O Provedor da Misericórdia do Porto acrescenta que o objetivo é construir “casas a preços acessíveis, para garantir a fixação de habitantes na cidade”.
O edifício que acolhe o Centro Corporativo da Misericórdia do Porto é o vencedor da edição deste ano do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana na categoria Melhor Intervenção de Uso Comercial & Serviços.
O galardão distingue as melhores intervenções na área da reabilitação urbana em Portugal e, este ano, segundo comunicado, a Misericórdia do Porto concorreu com dois projetos. Para além do edifício vencedor, a instituição apresentou ainda a concurso o edifício reabilitado nas ruas Cândido dos Reis/Galerias de Paris, desta feita na categoria Melhor Intervenção de Uso Impacto Social.
Para o Provedor, “este prémio é um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pela Misericórdia do Porto nesta área e um estímulo para continuar a apostar na reabilitação urbana”. A instituição é o maior senhorio privado da cidade e a reabilitação dos seus edifícios constitui “um contributo para a coesão económica e social do Porto e da região”, conclui António Tavares.
Os vencedores da quinta edição do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana foram conhecidos esta quarta-feira à noite no Museu dos Coches, em Lisboa, de um total de 83 projetos candidatos.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem