PUB
Santander Saúde

Ministério do Ambiente autoriza realização do Marés Vivas junto ao Estuário do Douro

Ministério do Ambiente autoriza realização do Marés Vivas junto ao Estuário do Douro

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
A Câmara de Gaia revelou, esta terça-feira, ter sido confirmada pelo Ministério do Ambiente a “viabilidade da realização” do festival Marés Vivas junto ao Estuário do Douro, onde serão implementadas medidas para minimizar o impacto do evento.

“Pela primeira vez na história da Reserva Natural Local do Estuário do Douro serão implementadas medidas de proteção e monitorização rigorosas que possibilitam a realização do evento em condições controladas, com supervisão científica e técnica independente”, refere a autarquia em comunicado.
Segundo a câmara, foi já apresentado o relatório inicial da Comissão de Acompanhamento do Festival (criada pelo Ministério do Ambiente) onde se “confirma a viabilidade de realização do festival Marés Vivas no Parque Urbano de S. Paio, em Canidelo”.
A realização do evento fica sujeita, contudo, a algumas medidas e “exigências que o festival terá de cumprir” para assegurar “uma coabitação com os valores ambientais e uma verdadeira valorização da importância da Reserva Natural Local do Estuário do Douro”.
“No que diz respeito à responsabilidade do Município de Vila Nova de Gaia, definimos um novo desenho para o Parque Urbano de S. Paio que retira do projeto inicial um conjunto de elementos que consideramos excessivos e que comprometeriam a utilização deste espaço com atividades, em nosso entender, prejudiciais para a vizinha reserva”, explica.
A autarquia decidiu, por isso, retirar do novo espaço verde o parque de campismo com ‘bungalows’ em madeira, o edifício de apoio, o campo de futebol e o parque automóvel previstos no projeto de 2005.
A Câmara de Gaia divulgou ainda pretender criar “uma estrutura que trabalhará no sentido de fortalecer a zona de proteção da Reserva Natural Local do Estuário do Douro, enquadrando nessa zona o próprio Parque Urbano de S. Paio”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem