CIN Black Friday

Metro do Porto garante espaço para comerciantes na Trindade

Metro do Porto garante espaço para comerciantes na Trindade

O espaço para os comerciantes afetados pelas obras da Linha Rosa do Metro do Porto já está a ser montado na Trindade e ficará operacional na segunda quinzena do mês, segundo o presidente da empresa.

“Está montado na Trindade. Se forem à Trindade já veem lá as galerias. Estamos a montar neste momento”, disse, esta sexta-feira, aos jornalistas o presidente da Metro do Porto, Tiago Braga, à margem do seminário “Descarbonizar, Descongestionar, Desenvolver: O Papel da Metro do Porto como Indutor da Mudança no Ecossistema de Transportes da Área Metropolitana do Porto”, na Universidade Portucalense.

Tiago Braga explicou, de acordo com a agência Lusa, que “foi preciso proceder ao aluguer dos contentores e à viabilização das questões técnicas ao nível da alimentação de energia”, fatores que não são feitos “de um dia para o outro”.

“Temos estado em articulação com os comerciantes, os comerciantes sabem qual é a nossa posição”, referiu, sublinhando que “na segunda quinzena de outubro” os espaços “têm de estar a funcionar”.

Recorde-se que a Linha Rosa irá consistir no percurso entre São Bento e Casa da Música, com estações intermédias no Hospital de Santo António e Praça da Galiza. O presidente da Metro assumiu ter o objetivo de ter a Linha Rosa a funcionar no primeiro trimestre de 2025, depois de concluídas as obras em dezembro de 2024.

As obras de prolongamento da Linha Amarela (em Vila Nova de Gaia) e a construção da Linha Rosa representam no total um acréscimo de seis quilómetros e sete estações à rede de metro do Porto e um investimento total superior a 400 milhões de euros.

Foto: Metro do Porto (Arquivo)

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=pli