PUB
Recheio 2024 Profissional

MEO Marés Vivas vai ter sistema de anulação de ruído

MEO Marés Vivas vai ter sistema de anulação de ruído

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
A promotora do festival Marés Vivas garantiu que irá aplicar as recomendações do ministério do Ambiente para minimizar o impacto do evento e irá instalar um sistema de som capaz de anular o ruído no Estuário do Douro.

“O investimento no sistema de som será mais elevado este ano para anular na totalidade o ruído na reserva” Natural do Estuário do Douro, afirmou Jorge Lopes, da PEV-Entertainment.
No dia em que foi conhecido o “Relatório de Progresso” da Comissão de Acompanhamento do Festival Marés Vivas, criada pelo Ministério do Ambiente, o responsável admitiu ter ficado “mais descansado com uma opinião técnica de que o evento não traz problemas à zona” onde ser irá realizar.
“Estamos mais descansados e vamos poder trabalhar mais afincadamente”, assinalou, garantindo que, por parte da promotora, a realização do evento em Gaia “nunca esteve em causa”.
A realização do evento fica sujeita, contudo, a algumas medidas e “exigências que o festival terá de cumprir” para assegurar “uma coabitação com os valores ambientais e uma verdadeira valorização da importância da Reserva Natural Local do Estuário do Douro”.
Uma grande parte das recomendações vertidas no relatório prende-se com o ruído, visto como “um dos fatores que maior impacto negativo poderá ter para” a reserva.
Entre as medidas definidas para minimizar o impacto do evento no estuário do Douro estão a simulação do ruído, a colocação de mecanismo de absorção acústica, antecipação do evento em meia hora, a instalação de um limitador sonoro e a implementação de um plano de monitorização do ruído proveniente do festival.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem