Philips

Matosinhos vai vistoriar centros de dia e reativar centro de rastreios à Covid-19

Matosinhos vai vistoriar centros de dia e reativar centro de rastreios à Covid-19

Para enfrentar a “nova fase da pandemia” de Covid-19, a Câmara Municipal de Matosinhos vai vistoriar escolas, centros de dia e universidades seniores, ampliar a limpeza de viaturas e espaços públicos, bem como reativar o centro de rastreios e a linha de apoio ao isolamento.

De acordo com a presidente da autarquia, Luísa Salgueiro, além destas medidas, e daquelas que já estão em prática, nomeadamente a fiscalização a lares e instituições de solidariedade social, a unidade móvel de rastreio, direcionada precisamente a idosos e profissionais dos lares, vai “voltar ao terreno”, assim como o centro de apoio comunitário e a central de apoio alimentar.

Estas vistorias aos centros de dia e universidades seniores, feitas em conjunto com diferentes entidades, desde a Segurança Social, Unidade Local de Saúde de Matosinhos (ULSM) e Ação Social, visam aferir a implementação das medidas sanitárias exigidas. Tal implica um esforço financeiro por parte da autarquia, que consegue suportar sem recorrer a financiamento, garantiu Luísa Salgueiro à Lusa, citada pelo Sapo.

De referir que também as escolas do concelho de Matosinhos estão a ser vistoriadas para o arranque do ano letivo.

Constituída por técnicos da autarquia e da saúde pública, a equipa vai visitar as 52 escolas do concelho para verificar se os planos de contingência para a Covid-19 estão a ser cumpridos.

O vereador da Proteção Civil salientou que esta nova fase da pandemia vai apresentar novas exigências porque as respostas que vão ser dadas não vão ser em contexto de confinamento, mas no retomar da vida “o mais normal possível” das pessoas e das empresas.

Assim, segundo indicou José Pedro Rodrigues, vão ser ampliados os serviços de limpeza e desinfeção do espaço público, as zonas com maior concentração de pessoas, desde mercados, feiras, paragens de autocarros, redor das escolas e centros de pequeno comércio para melhorar aspetos de higiene e salubridade.

O serviço de limpeza vai também abarcar as viaturas dos bombeiros, das instituições de solidariedade social, forças de segurança e, provavelmente, vai ser alargado a associações culturais, recreativas e desportivas.

O vereador revelou ainda que a autarquia tem também preparadas equipas para fazer desinfeção de espaços onde possam surgir casos positivos.

Para enfrentar esta nova fase da pandemia com segurança, algumas respostas da “dita primeira fase” vão ser reativadas, designadamente o centro de rastreios, centro de apoio comunitário, central de apoio alimentar de emergência e linha de apoio ao isolamento, acrescentou José Pedro Rodrigues.

De referir que também as escolas do concelho de Matosinhos estão a ser vistoriadas para o arranque do ano letivo.

Constituída por técnicos da autarquia e da saúde pública, a equipa vai visitar as 52 escolas do concelho para verificar se os planos de contingência para a Covid-19 estão a ser cumpridos.

A propósito do regresso às aulas, a autarquia relembra que o passe gratuito Maré para os estudantes de Matosinhos já está disponível até setembro de 2021, uma medida que vai permitir “uma significativa poupança às suas famílias”. Este passe garante não só a gratuitidade na deslocação entre casa e escola mas permite também o acesso gratuito a todas as linhas da rede Maré.

De referir ainda que as frequências de algumas linhas da rede Maré foram entretanto ajustadas para servir melhor os novos horários escolares.

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.