CIN

Máscara na rua deixa de ser obrigatória a partir desta segunda-feira

Máscara na rua deixa de ser obrigatória a partir desta segunda-feira

Depois de 318 dias de obrigatoriedade de uso de máscara na rua, a medida, aprovada, pela primeira vez, em outubro de 2020 chegou ao fim.

A partir desta segunda-feira, 13 de setembro, o uso de máscara no exterior deixa de ser obrigatório. Contudo, a Direção-Geral de Saúde (DGS) recomenda a sua utilização sempre que “é previsível a ocorrência de aglomerados populacionais ou sempre que não seja possível manter o distanciamento físico recomendado”, sobretudo no caso de “pessoas mais vulneráveis”.

Em causa, segundo explicou, numa nota informativa, estão pessoas “com doenças crónicas ou estados de imunossupressão com risco acrescido para covid-19 grave”, sempre que “circulem fora do local de residência ou permanência habitual”.

De acordo com a autoridade de saúde, a utilização da máscara continua a ser “uma importante medida de contenção da infeção”, pelo que é recomendado que os cidadãos tenham alguma cautela.

Recorde-se que, apesar desta medida, a utilização de máscara continua a ser obrigatória “nos estabelecimentos de educação, ensino e creches”, em “espaços e estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços”, nos “edifícios públicos ou de uso público”, nas “salas de espetáculos, cinemas ou similares”, nos “transportes coletivos de passageiros” e “em locais de trabalho, sempre que não seja possível o distanciamento físico”.

Viva! no Instagram. Siga-nos.