Santander Escolhas 2

Mário Almeida contra limitação de mandatos

Mário Almeida contra limitação de mandatos

Estas declarações de Mário Almeida surgem poucos dias depois de Pedro Passos Coelho ter dito que os autarcas que completem três ou mais mandatos autárquicos em 2013, podem candidatar-se a outros municípios nas próximas eleições. Após mais esta dúvida sobre se a lei e a possibilidade de os autarcas “afastados” poderem ser candidatos ou não a outros municípios, Mário Almeida diz que “compete aos políticos legisladores” que originaram tão “revolucionária legislação” pronunciar-se sobre esta matéria, “a bem da democracia”.
Pondo um ponto final no seu trabalho como presidente da Câmara “em 2013”, Mário Almeida justifica que o seu conceito de autarca se traduz, somente, em “servir o concelho de Vila do Conde e os seus conterrâneos”, mesmo porque sempre recusou “convites para exercer outras funções políticas” e “nunca” aceitou sequer que o seu nome “integrasse a lista de candidatos a deputados à Assembleia da República”. O autarca avançou ainda que, e após concluir este mandato, manter-se-á “disponível” mas somente para a “vida associativa, ação social e trabalho humanitário em Vila do Conde”, recusando a possibilidade de liderar uma candidatura a outro município.

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=pli