CM Matosinhos

Mariana Machado

Mariana Machado

A influenciadora portuense que ilumina o digital

Com mais de 150 mil seguidores no Instagram, Mariana Machado tornou-se numa das maiores influenciadoras digitais portuguesas. Diariamente ilumina o universo da moda e das redes sociais com looks de cortar a respiração. A irreverência vigora em todas as propostas apresentadas, aliada à simplicidade e requinte que lhe são tão característicos. Nesta edição natalícia, a VIVA! falou com a “it girl”portuense e dá-lhe a conhecer o seu lado mais intimista…

Os primeiros passos no digital começaram em 2015, de forma muito esporádica, enquanto conciliava o trabalho como enfermeira, profissão na qual sempre investiu bastante, onde era muito bem sucedida e que exerceu durante cerca de oito anos. “Trocar o certo pelo incerto é sempre uma decisão difícil”, mas Mariana Machado não se permitiu temer e, em 2018, arriscou tudo e passou a dedicar-se exclusivamente à área pela qual se apaixonou e onde se sente verdadeiramente feliz e realizada, o digital. “A determinada altura, os horários eram incompatíveis e acabava sempre por esgotar os meus dias de férias para trabalhar para o digital. Depois as férias também deixaram de ser suficientes e tive que tomar uma decisão”, partilhou.

Uma decisão bastante ponderada, onde “tudo foi acontecendo… Quase como se este caminho fizesse parte da minha vida, sem eu o saber”. Tudo se iniciou através do blog Double Trouble, criado com a amiga Eduarda, onde partilha conteúdos relacionados com lifestyle, moda e beleza, e em nome individual, nas redes sociais, onde foi ganhando uma legião cada vez maior de fãs, que, diariamente, se inspiram nas suas partilhas, constantemente enriquecidas a nível cultural, e nas diversas projeções que foi tendo no meio televisivo.

Cerca de dois anos depois de ter abandonado a carreira de enfermagem para se dedicar a 100% à profissão de blogger e influenciadora, Mariana Machado decidiu voltar a exercer, apenas em abril deste ano, a profissão na qual se licenciou, na Universidade Católica do Porto. O objetivo principal foi ajudar o Serviço Nacional de Saúde numa altura em que mais precisava.

O gosto pela moda surgiu desde tenra idade por “influência da mãe e das tias”, revelou a influenciadora que descobriu também a sua veia empreendedora ainda em criança. “A minha avó contou-me que, em pequena, montava bancadas na casa dela para vender sumos de laranja e ramos de flores. Só aí é que percebi que, desde cedo, havia uma alma empreendedora em mim”, contou, sorridente.

Depois do lançamento da “Bohemian Rhapsody”, uma coleção de praia que apresentou este verão, com a NYOS Swimwear, dedicada a “mulheres de sucesso, reais, que são uma inspiração e estão em constante ascensão” e “na qual cada corpo encontra o seu biquíni ou fato de banho ideal”, como descreveu, em entrevista, na altura, à NiT, e de várias “parcerias com marcas para a criação de coleções cápsula”, Mariana Machado criou, este ano, a sua própria marca de roupa, intitulada iUKIYO. Uma marca 100% nacional e 100% algodão orgânico, que surgiu durante o confinamento, e que viu recentemente a sua primeira coleção lançada, UKIYO, uma linha de training confortável, que mostra que os fatos de treino podem ser utilizados de diversas formas, e não apenas em casa ou para momentos desportivos. “O termo «athleisure» apareceu há uns anos e a moda desportiva veio para ficar”, lê-se no site da marca, que ganhou vida em parceria com a amiga, e também influenciadora nortenha, Mariana Castro Moreira.

A dica da it girl portuense: Os acessórios são a “peça chave” que nunca podem faltar num bom look. Fazem sempre a diferença, completam-no e enriquecem-no.

O nome da coleção, UKIYO, é uma palavra japonesa que significa “viver o momento, desligando dos problemas da vida”. “O que precisamos para diminuir a nossa ansiedade. O «i» significa que «eu» (e cada uma de vocês) deve, de facto, seguir à risca o que a palavra me manda. Viver o momento, viver o presente, estar aqui e agora! Sem nos focarmos nos problemas, mas sim nas soluções, agarrarmo-nos às melhores coisas que cada dia nos dá”.

“Estou certa de que cada vez mais as coleções vão deixar de ser sazonais e passar a ser mais intemporais. Os materiais são também uma preocupação muito grande na IUKIYO, usamos apenas algodão 100% orgânico. Por isso, penso que a tendência é uma maior consciencialização das nossas necessidades e do mundo que nos rodeia”.

Além disso, Mariana Machado, que é ainda sócia na gestão de uma loja on-line, Two Boutique, concretizou, também este ano, o sonho de lançar a sua coleção cápsula de calçado, com a Gold & Rouge, estando já a preparar a linha de verão, revelou. Ser ativa e empreendedora em todas as áreas foi uma preocupação que a influenciadora teve desde que enveredou pelo mundo digital, uma vez que é apologista de que não se devem colocar “todos os ovos na mesma cesta”.

Trabalhar nesta área, envolta num profundo glamour, pode ter tanto de aliciante como de desafiante. “A maioria das pessoas não conhece o modo de trabalho e pensa que não há esforços envolvidos para se ter sucesso. Não imagina ou sabe o investimento que é necessário, entre máquinas fotográficas, lentes, programas de edição, computadores, drones, viagens, hotéis, restaurantes, roupas, acessórios…Enfim, o que precisamos para garantir a qualidade do nosso trabalho”, lamentou a it girl portuense.

“A maioria das pessoas não conhece o modo de trabalho e pensa que é só glamour, que não há trabalho nem esforços envolvidos para se ter sucesso”.

Aliadas aos investimentos financeiros envolvidos estão ainda as horas de trabalho a fio que são dedicadas a programar e desenvolver conteúdos. “Sou eu que faço a gestão de tudo, com a ajuda do meu marido. Cada dia é diferente e entre fotografar, filmar, editar… há ainda telefonemas, videochamadas, reuniões, mensagens no WhatsApp, atualizações no Instagram, Facebook, Shopify, tudo!”.

“Estar sempre a inovar, garantir que todos os meses há salário para as equipas que trabalham comigo e não conseguir desligar do telemóvel um único dia são os principais desafios do digital”

Para muitos esta é uma profissão que ainda pode ser vista com “maus olhos”, embora este seja um estereótipo que, cada vez mais, tem vindo a ser colmatado em Portugal por influenciadores como a Mariana, que se esforçam, afincadamente, para levar até ao seu público o melhor conteúdo possível. “Muitas vezes digo que trabalho no ramo da publicidade e marketing”, revelou, admitindo que a necessidade de estar constantemente a inovar, de garantir o salário de todas as equipas que trabalham consigo e a dificuldade de não conseguir desligar do telemóvel um único dia são os principais desafios do digital.

Acostumada a participar em inúmeras Semanas da Moda, de prestigiadas cidades europeias, – e não só! -, a influenciadora já teve, inclusive, a oportunidade de assistir ao desfile do Tommy Hilfiger, em Nova Iorque.

“Foi a primeira vez que fui a Nova Iorque e amei. Pude conhecer algumas figuras tanto do mundo digital como de filmes e televisão que sempre me inspiraram. Nesse dia senti-me no mundo encantado da blogosfera”, destacou, não escondendo a paixão que tem por viajar e onde admite sentir-se “mais criativa”.

As áreas que mais explora nas suas redes são moda, lifestyle e viagens. Com uma estética apurada, Mariana conquistou o seu público de Norte a Sul de Portugal e o apoio de inúmeras marcas nacionais e internacionais, tornando-se, rapidamente, uma das melhores referências do digital no país.

Apesar dos vários constrangimentos de 2020, este tem sido um ano, profissionalmente, marcante para Mariana, que cresce a um ritmo galopante. Uma projeção que atribui ao “muito trabalho e empenho”. “Para mim esse é sempre o caminho do sucesso”. Para o futuro, adivinha-se “mais uma coleção de roupa, desta vez de pijamas confortáveis e práticos”, que considera ser “uma falha no mercado”, a coleção de verão com a Gold & Rouge e com a Two. “Vamos começar a ter produção própria”, revelou.

Já no campo pessoal fica, por sua vez, o desejo de conseguir passar o Natal em família, junto dos seus avós, e o sonho de ser mãe, dos únicos que ainda falta concretizar. Sempre com o Porto como cenário principal, numa história de vida “tranquila e feliz”!

“O medo existe como proteção, por isso, se tivermos receio é porque estamos a agir de forma consciente. E se é consciente é uma boa decisão. Com trabalho, esforço, sacrifício, compromisso e responsabilidade tudo se faz! Crescemos a corrigir os nossos erros e devemos enaltecer as vitórias”, aconselhou Mariana Machado, que largou tudo em busca de um sonho.

A sessão fotográfica com a influenciadora decorreu no emblemático espaço portuense Negra Café Baixa.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/descubra-os-sabores-do-norte-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=220121-ta5&utm_campaign=sabebem59

Viva! no Instagram. Siga-nos.