PUB
CMPorto

Maia investe mais de 600 mil euros no novo troço do Ecocaminho

Maia investe mais de 600 mil euros no novo troço do Ecocaminho

A Câmara Municipal da Maia vai investir cerca de 680 mil euros no novo troço do Ecocaminho que atravessa o concelho e que pretende “criar um espaço canal destinado à mobilidade suave quotidiana”, anunciou a autarquia.

Em comunicado enviado à Lusa, a autarquia, refere que aquele novo troço, vai ligar a estação de Mandim à Via Eng. Belmiro Mendes de Azevedo, terá a extensão de 1,2 quilómetros e deve estar concluído no final mês de setembro.

O município explica que o Ecocaminho “corresponde a um troço da antiga linha ferroviária que ligava a cidade do Porto a Guimarães, estando integrado num percurso mais abrangente“, sendo que “até à data, tem cerca de 3,3 quilómetros desde o Lugar do Souto, junto à Quinta dos Cónegos, na freguesia da Cidade da Maia, ao antigo apeadeiro de Mandim, na freguesia do Castêlo da Maia”.

O Ecocaminho tem um investimento estimado de 680 mil euros, comparticipados em 85% por fundos comunitários, e integra uma das intervenções previstas no Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS) do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU).

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O projeto visa criar um espaço canal destinado à mobilidade suave quotidiana, “promovendo a intermodalidade, entre os modos de transporte coletivo público ferroviário ligeiro e rodoviário de passageiros com o modo pedonal e ciclável”, lê-se no documento.

Ao longo do percurso é possível observar várias paisagens, onde prevalecem área arborizada, logradouro de hortas, a antiga estação ferroviária da Maia e áreas de cultivo.

Foto: CM Maia

PUBLICIDADE

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem