CIN

Lusíadas Saúde aposta em energia 100% renovável

Lusíadas Saúde aposta em energia 100% renovável

A Lusíadas Saúde torna-se a partir desta quarta-feira, 1 de julho, uma das entidades pioneiras em Portugal na área da saúde a consumir eletricidade totalmente proveniente de fontes renováveis.

Citado em comunicado enviado à VIVA!, Nuno España, diretor de Marketing e Comunicação da Lusíadas Saúde, explica que os sistemas de saúde são consumidores intensivos de energia, 24 horas por dia 365 dias, sob a forma de aquecimento e consumo de eletricidade, iluminação, ventilação e uso de outros equipamentos médicos, que geralmente são produzidos com processos intensivos em carbono, fora das fronteiras do hospital, pelo que espera que este compromisso da Lusíadas Saúde “possa inspirar parceiros, clientes e fornecedores a seguir este caminho em conjunto”. “Acreditamos que o aumento da produção de energias renováveis cria valor, desenvolvimento económico e um mundo mais sustentável”, salienta.

A nota divulgada revela que estudos feitos a nível internacional mostram que o setor de saúde é responsável por 4,4% das emissões mundiais, o que equivale a 514 centrais termoelétricas a carvão a funcionar num ano. “Nas emissões globais do setor da saúde, a Europa representa uma fatia de 12%”, enquanto a nível nacional, em média o setor da saúde é “comparável ao da alimentação, correspondendo a 5% das emissões de um país”.

Em 2019, a energia consumida pela Lusíadas Saúde foi responsável pela emissão de cerca de 13 mil toneladas de CO2, o que corresponde ao consumo de eletricidade de uma cidade típica portuguesa de 20 mil habitantes durante um ano, indica ainda a unidade hospitalar.

Para a implementação das várias medidas que constam do seu Programa de Sustentabilidade Ambiental, a Lusíadas Saúde informa que está a trabalhar nas vertentes tecnológica, através de auditorias que permitam avaliar como estão a ser consumidos os recursos nas unidades; de investigação, desenvolvimento e inovação, com a criação de um departamento para implementação de medidas de melhoria contínua dos processos operacionais para a redução de CO2, eficiência e otimização dos recursos; e de investimento de impacto, através da qual são identificadas oportunidades, elaboradas parcerias e outras soluções de investimento bonificadas para soluções tecnológicas.

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.