Junta da Galiza

Lello licita cartas de Bob Dylan por mais de meio milhão de euros

Lello licita cartas de Bob Dylan por mais de meio milhão de euros

A Livraria Lello licitou num leilão, que ocorreu nos EUA, 42 cartas escritas por Bob Dylan, no final dos anos 50. Por 535 mil e 900 dólares (519 mil 330 euros), que corresponde a mais do dobro do valor inicial pelo qual foi colocado à venda, a icónica livraria possui agora um conjunto de cartas de amor que revelam a vontade que o autor já tinha de mudar de nome, a música que ouvia e o seu sonho de vender um milhão de discos.

A administradora, Aurora Pedro Pinto, afirma, em comunicado, que “este investimento dá continuidade à aposta que a livraria tem vindo a fazer na valorização do património literário, que é também património cultural, transportando histórias únicas”.

Robert Allen Zimmerman (conhecido como Bob Dylan) aos 17 anos, escrevia, assim como vários adolescentes da época, cartas de amor à sua apaixonada Barbara Ann Hewitt. Esta não poderia imaginar que Bob se tonaria num ícone mundial no mundo da música e num dos vencedores do Prémio Nobel da Literatura.

Uma nomeação, que inclusive, causou grande polémica. O autor foi distinguido, em 2016, “por ter criado novas formas de expressão poética no quadro da grande tradição da música americana”.

As cartas de amor vão agora viajar até ao Porto e serão exibidas a 13 de janeiro de 2023, dia em que a Livraria Lello celebra 117 anos.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sinta-o-natal-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem70&utm_campaign=sabebemfazbem