Sabor do mês PD - peixe

Lançado concurso público para obras no Bairro das Condominhas. Valor global ascende a 1,75 milhões de euros.

Lançado concurso público para obras no Bairro das Condominhas. Valor global ascende a 1,75 milhões de euros.

O concurso público para a realização de obras de reabilitação exterior de oito blocos da Urbanização das Condominhas foi esta quarta-feira publicado em Diário da República, revelou a Câmara Municipal do Porto. 

O Agrupamento Habitacional das Condominhas, em Lordelo do Ouro foi construído, recorde-se, em 1998 pelo município, que vendeu uma parte dos fogos para habitação a custos controlados, destinando a outra parte a habitação social. 

Cerca de dois anos depois, foram “detetados erros de construção”, que, embora tivessem sido reparados não resolveram as anomalias estruturais existentes, explica a autarquia.  

O município do Porto, ainda no anterior mandato, iniciou “conversações no sentido de chegar a acordo com os residentes para um modelo misto de investimento”, sendo que, quando o atual vereador do pelouro da Habitação, Fernando Paulo, assumiu a presidência da Domus Social deu continuidade ao processo. Este, segundo explicou, foi alvo de “um trabalho muito intenso” com os condóminos, durante cerca de três anos. 

O objetivo, segundo realça a Câmara Municipal do Porto no comunicado divulgado, foi “acertar posições relativamente à correção das patologias estruturais que fossem da responsabilidade do município e atendendo também ao desgaste natural das habitações, ao final de duas décadas”. 

No âmbito deste processo, esteve envolvida a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, responsável por realizar “um levantamento exaustivo de todas as anomalias severas e de todas as outras resultantes da passagem do tempo” que fossem identificadas. 

No final, o município, liderado por Rui Moreira, apresentou um orçamento global de 1,75 milhões de euros, ficando acordado que 1,4 milhões seriam da responsabilidade da Câmara e cerca de 350 mil euros da dos condóminos. 

Na altura, o orçamento global da obra e a proporção dos encargos já estavam acertados: obra no montante global de 1,75 milhões de euros, com 1,4 milhões de euros a caberem ao município e cerca de 350 mil euros aos condóminos. 

O prazo para apresentação de propostas para a realização das obras termina às 18 horas do dia 4 de março, correspondente ao 30.º dia a contar da data de envio do anúncio. 

O prazo de execução da obra é de 1.140 dias. 

Foto: Domus Social | CM Porto

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes