CM Matosinhos

Iniciativa “Internet Segura” juntou mais de 130 mil participantes

Iniciativa “Internet Segura” juntou mais de 130 mil participantes

No passado mês de fevereiro, a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Microsoft juntaram-se numa campanha de sensibilização, dirigida aos estudantes do ensino básico e secundário, professores e encarregados de educação, que teve como intuito assinalar o “Dia da Internet Segura”. 

No total, foram mais de 122 mil os alunos e perto de 11 mil professores, oriundos de 1,252 escolas do país, que marcaram “presença” nas 542 sessões online, realizadas através da ferramenta Microsof Teams, revelaram os promotores. 

Para o major Tiago Lopes da GNR, estes números são “importantíssimos” para “alertar o público escolar para uma utilização segura e responsável da internet”. “Foram desenhados conteúdos digitais específicos com dicas a ter em consideração para garantir a privacidade online”, sublinhou. 

Sob o mote “Juntos por uma internet mais segura”, a campanha abordou os temas que mais preocupam professores e encarregados de educação face à exposição das crianças ao digital e online, nomeadamente boas práticas de segurança na internet, cyberbullying, vício na internet, ensino à distância e dinâmicas criminais online.   

“Elaborámos um programa, em conjunto com a Guarda Nacional Republicana, que nos permitiu dar resposta a um número de participações bastante significativo e importante na transformação digital que temos vindo a assistir desde o início da pandemia”, sublinhou, por sua vez, Sandra Martinho, diretora de educação e filantropia da Microsoft Portugal. 

Neste ano, ainda atípico devido à pandemia de covid-19, a campanha decorreu durante todo o mês de fevereiro “devido à relevância que o tema da segurança assume”, uma vez que “nunca estivemos tão ligados quanto agora”, completou a responsável.

PUB
bandodomar.pingodoce.pt/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=080321-bando&utm_campaign=lancamento

Viva! no Instagram. Siga-nos.