PUB
Philips S9000

“Há Filmes na Baixa” está de regresso ao Passos Manuel

“Há Filmes na Baixa

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O ciclo de cinema “Há Filmes na Baixa” volta esta quarta e sexta-feira ao Passos Manuel para celebrar o segundo aniversário do Porto Post Doc. A entrada é de quatro euros, metade para os estudantes e seniores.

A associação Porto Post Doc e o ciclo de cinema “Há Filmes na Baixa” celebram o seu segundo aniversário com a exibição de filmes no Passos Manuel.
Para este ciclo – o quarto de 2016 -, serão projetados “três filmes bastante diferentes, mas três exemplares do melhor do cinema contemporâneo e da hibridização entre documentário e ficção”, revela a associação.
A primeira sessão é já esta quarta-feira, às 22h. O documentário “Tecla Tónica“, o mais recente de Eduardo Morais, conta a história da música eletrónica em Portugal, desde os anos 60 até à atualidade.
A seguir à projeção do filme haverá um concerto dos Ghost Hunt, grupo criado em 2014 por Pedro Chau e Pedro Oliveira, que mistura a música rock com as batidas eletrónicas. Para além de música ao vivo, junta-se à festa o DJ Set do realizador Eduardo Morais, em parceria com os Ghost Hunt.
Na sexta-feira, dia 3 de junho, vão ser exibidos dois documentários, que segundo a organização têm “características muito especiais”. Às 18h30 será apresentado o filme “Cemitério de Esplendor“, a mais recente obra do realizador tailandês Apichatpong Weerasethakul, que se desenrola em torno soldados e doenças misteriosas.
Pelas 22h, estreará no Porto o filme “Olmo e a Gaivota“, realizado por Petra Costa e Lea Glo, e cuja história figura num eterno retrato sobre a gravidez de uma atriz, altura em que confronta os seus demónios interiores enquanto tenta chegar a uma nova filosofia sobre a vida, a identidade e o amor. Um filme que mistura documentário com ficção.
O quarto “Há Filmes na Baixa!” de 2016, à semelhança dos anteriores, pretende continuar o diálogo com outras artes como a música, a dança e o teatro.
O preço de entrada no cinema é de quatro euros, metade para estudantes e pessoas acima dos 65 anos.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
PD- Literarura Infantil