Encomendas de Comida Fresca Natal - PD

GNR lança Operação Fique em Casa II

GNR lança Operação Fique em Casa II

Entre esta sexta e a próxima segunda-feira, dia 20 de abril, a Guarda Nacional Republicana vai intensificar as ações de patrulhamento, fiscalização e sensibilização em todo o território nacional, com o objetivo de apoiar a população e garantir o cumprimento das normas do Estado de Emergência.

Durante a Operação Fique em Casa II, “serão empenhadas as várias valências da Guarda, sendo o esforço orientado para a verificação do cumprimento do confinamento obrigatório, por parte dos cidadãos sobre os quais impede esse dever, bem como para o apoio aos mais vulneráveis e desfavorecidos”.

No âmbito do programa “65 Longe+Perto”, a GNR contacta a população mais idosa, sobretudo a que vive sozinha e isolada, elucidando sobre as regras específicas decretadas para o Estado de Emergência e procurando sinalizar situações de idosos que, por força do maior isolamento social, necessitem de uma abordagem ao nível psicológico. Para estes idosos, serão disponibilizados psicólogos do Centro Clínico da GNR, numa segunda linha de apoio.

Além da sensibilização para a limitação da circulação na via pública, a GNR “irá garantir o cumprimento das demais normas previstas na lei, zelando para que a população se abstenha de deslocações desnecessárias, as quais poderão potenciar a propagação da epidemia COVID-19”.

O comunicado da GNR relembra que todos devem manter o distanciamento social; zelar pelo cumprimento das regras de etiqueta respiratória; lavar bem, frequentemente e demoradamente as mãos com água e sabão (ou solução de base alcoólica); e evitar sair de casa, exceto por situações excecionais.

De referir que, desde o início do surto de Covid-19 em Portugal, já morreram 657 pessoas, 28 nas últimas 24 horas. De acordo com os dados do boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira, há 19022 infetados.

1284 pessoas estão internadas, das quais 222 estão nos cuidados intensivos.

Ainda segundo o boletim da DGS, há 4805 pessoas a aguardar resultado laboratorial e 25456 estão sob vigilância das autoridades de saúde. O número de pessoas recuperadas subiu para 519 (mais 26 que na quinta-feira).

A região Norte continua a ser a que tem maior número de casos, com 11.324 pessoas infetadas e 377 óbitos. Segue-se a região de Lisboa e Vale do Tejo, com 4302 casos confirmados e 119 vítimas mortais. Na região Centro há 2778 casos confirmados e 148 mortes. A região do Algarve contabiliza 305 casos confirmados e nove mortes. Os Açores e a Madeira registam 102 e 53 casos, respetivamente. O Alentejo (com 158 casos confirmados) e a Madeira (com 53) são as únicas regiões sem mortes registadas.

Lisboa é o concelho com maior número de casos (10020), seguido do Porto (10017), Vila Nova de Gaia (972), Matosinhos (845), Braga (798), Gondomar (797), Maia (714) e Valongo (562).

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=pli