Sabor do Mês Setembro (talho) - PD

Gaia inaugura novo polo cultural em 2022

Gaia inaugura novo polo cultural em 2022

O município de Vila Nova de Gaia ganhará no próximo ano um novo polo cultural e de ensino, que promete dotar o concelho, a região Norte e o país de uma riqueza ímpar. Trata-se da Casa-Ateliê Soares dos Reis, dedicada ao artista que lhe deu nome, situada na Rua Luís de Camões, onde o escultor viveu e desenvolveu parte da sua atividade artística, e que será, agora, eternizada.

As obras de reabilitação do edifício, datado do século XIX, foram promovidas pela Câmara Municipal, através de um projeto em parceria com a Universidade do Porto, e arrancarão, oficialmente, durante este mês de dezembro, sendo “o menos intrusivas possíveis”.

A garantia foi deixada pelo presidente da autarquia, Eduardo Vítor Rodrigues, aquando da apresentação oficial da obra, orçada em cerca de 352 mil euros, que contará com o apoio do programa operacional Norte 2020.

Entre uma vasta lista de trabalhos a realizar, o grande destaque centra-se na “conservação do edifício existente”, que contará, no rés-do-chão e no primeiro piso, com um “espaço multiusos para esculturas, área de exposições, vestuários com cacifos, copa, entre outras comodidades”.

Ao edifício principal juntar-se-á também um anexo, com diferentes valências, que deverá funcionar como um “apoio ao edifício principal no logradouro”. Trata-se de uma construção em “betão e cortiça, com uma vista para o Porto e rio Douro, e que vai permitir a criação de percursos e a definição de espaços de diferentes valências, designadamente, área de estar e exposição de esculturas”, lê-se na página oficial do Portugal2020.

Adicionalmente, o município procederá também à recuperação de todas as fachadas, “incluindo as cantarias em pedra existentes no alçado principal”, de forma a “viabilizar a conservação das características arquitectónica do edifício”.

O objetivo da intervenção, segundo Eduardo Vítor Rodrigues, é “conservar e repor os elementos ainda existentes da construção primitiva”, que apresenta um “estado avançado de degradação”, devido ao “abandono” a que foi sujeito, adaptando-o apenas “às necessidades e exigências de conforto atuais”.

Com prazo estimado de nove meses, as obras de reabilitação da Casa-Ateliê Soares dos Reis, que representam para o edil um projeto “de mão dada com a inteligência e o coração”, deverão estar concluídas em agosto de 2022. A partir desta data, gaienses e cidadãos de todo o mundo terão a oportunidade de conhecer mais sobre “a vida e obra” do ilustre escultor António Soares dos Reis.

Além de evitar que o nome do escultor caia no esquecimento da população, a empreitada, considerada fundamental pela Câmara Municipal para recuperar o atual estado de degradação do edifício, contribuirá também para a “valorização e diversificação cultural” de Vila Nova de Gaia.

Recorde-se que esta era uma intervenção há muito aguardada pela população. O protocolo de colaboração entre a autarquia e a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, para reabilitar o espaço, situado na União de Freguesias de Santa Marinha e São Pedro da Afurada, foi assinado em abril de 2017.

Antigo estudante e professor da instituição portuense, António Soares dos Reis é considerado um dos maiores escultores portugueses do século XIX. Nasceu a 14 de outubro de 1847, na freguesia de S. Cristóvão de Mafamude, em Vila Nova de Gaia, e faleceu a 16 de fevereiro de 1889, com 42 anos, vítima de suicídio, no seu ateliê.

PUB
 www.pingodoce.pt/responsabilidade/bairro-feliz/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=votacao&utm_campaign=bairrofeliz