PUB
Recheio 2024 Institucional

Gaia inaugura Centro de Inclusão Social do Magarão

Gaia inaugura Centro de Inclusão Social do Magarão

O município de Vila Nova de Gaia acaba de inaugurar o Centro de Inclusão Social (CIS) do Magarão, uma iniciativa inovadora no concelho que pretende “criar condições para a inserção socioprofissional de pessoas com incapacidades físicas e mentais”.

O projeto resulta de uma intervenção no edifício da antiga escola do Magarão, situado na rua Dr. Adelino Gomes, e envolveu um investimento municipal na ordem dos 870 mil euros. O valor em causa permitiu “reabilitar [o edifício], ampliando-o e adaptando-o às necessidades deste equipamento, com a criação de novas acessibilidades para pessoas com mobilidade condicionada”, sublinhou a Câmara Municipal.

No mesmo comunicado, a autarquia destaca que o Centro de Inclusão Social, destinado a adultos com deficiência ligeira (intelectual e/ou física) e incapacidade, com idade igual ou superior a 18 anos e até aos 66 anos, residentes em Vila Nova de Gaia, tem como principal missão a “criação de valor social, ao oferecer um conjunto de respostas sociais e profissionais”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O equipamento, segundo avançou ainda, encontra-se em funcionamento desde o início do mês de setembro e conta, atualmente, com 33 utentes, que frequentam os projetos LabIN, dedicado a adultos com “deficiência ligeira”, e Companhia, destinado a adultos com “deficiência predominantemente intelectual”.

Para a autarquia, liderada por Eduardo Vítor Rodrigues, o centro representa uma “iniciativa inovadora”, dedicada “à luta pela dignidade do ser humano e à promoção de uma cidade inclusiva, socialmente mais justa e mais acessível para todos”.

No futuro, o município espera poder “envolver o tecido empresarial do concelho na inserção profissional do público-alvo” e promover, em parceria com o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), cursos de formação profissional na área da pastelaria. Além disso, pretende também “criar um serviço de apoio à vida independente, em parceria com os Agrupamentos de escolas e as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) da área da deficiência”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
PD- Literarura Infantil