Sabor do mês PD - peixe

Gaia atribui bolsa de investigação a jovens arquitetos

Gaia atribui bolsa de investigação a jovens arquitetos

A Câmara Municipal de Gaia anunciou ter estabelecido um protocolo para a 3.ª edição do Programa Millennium Bolsas de Investigação “Cidade e Arquitetura”, que atribuirá uma bolsa de investigação no valor de 2.250 euros.

Contribuir para a proteção e preservação do património cultural nacional através da investigação científica na área da Arquitetura e Património, é um dos objetivos da iniciativa, uma parceria entre a Fundação da Juventude, a Ordem dos Arquitetos, a Fundação Millennium BCP e o Município de Gaia.

Outro dos objetivos passa por incentivar os jovens arquitetos para uma carreira profissional ligada à investigação e estimular a curiosidade pelo Património Arquitetónico e Cultural das cidades de grande e média dimensão.

Os bolseiros poderão contar com a orientação científica de representantes dos conselhos diretivos regionais do Norte e do Sul da Ordem dos Arquitetos, entre outros elementos.

“Cidade e Património Arquitetónico do Séc. XX: 1910-1999” é o tema da edição deste ano.

Podem candidatar-se ao Programa jovens arquitectos com inscrição válida na Ordem dos Arquitectos, enquanto membros efetivos, cujo ano de nascimento seja posterior a posterior a 1985, inclusive (com idade até aos 35 anos). As candidaturas podem ser individuais ou em grupo de até 3 elementos.

Toda a informação pode ser consultada no site da Fundação da Juventude.

De referir que a iniciativa irá culminar com a realização de uma exposição itinerante com a apresentação final dos trabalhos, abrangendo todos os municípios apoiantes e aderentes, a saber: Cascais, Funchal, Mafra, Maia, Matosinhos, Santa Maria da Feira e Vila Nova de Gaia.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes