PUB
PD- Literatura Infantil

Final da Young Business Talents: “os empreendedores também se produzem”

Final da Young Business Talents:

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Terminou esta segunda-feira a 4ª edição do Young Business Talents em Portugal, o jogo de gestão organizado pela Nivea, que leva até às escolas secundárias de todo o país a oportunidade de ter uma experiência à escala real daquilo que é o mundo empresarial.

Na sessão de abertura da final do Young Business Talents (YBT) esteve presente o Ministro da Economia, que diz, segundo comunicado, ver nos jovens portugueses “uma nova geração que não aceita ficar sentada, que quer fazer mais e que quer ser empreendedora”. Neste sentido, o YBT surge como uma iniciativa importante “porque os empreendedores também se produzem e produzem-se com iniciativas como esta, produzem-se tentando, fazendo, experimentando e criando este espírito de equipa que aqui se vê hoje”.
Na final marcaram presença as 75 melhores equipas a nível nacional, que competiram entre si uma última vez pelos prémios oferecidos pelo ISAG – Instituto Superior de Administração e Gestão e pelo El Corte Inglés.
A equipa da Escola Secundária António Damásio, de Lisboa, arrecadou o primeiro prémio na forma de um ano de Licenciatura gratuito no ISAG. Também os quatro classificados seguintes, da Escola Secundária de Vila Real de Santo António, Escola Básica e Secundária da Povoação (Açores), Escola Profissional Bento de Jesus Caraça (Braga) e Colégio Novo da Maia, levaram para casa a oferta de um cheque inscrição e matrícula na mesma instituição de ensino, cuja parceria com o Young Business Talents tem, segundo a diretora do ISAG, origem na partilha de “um conjunto de valores que ambas as instituições acham fulcrais e que as entidades empregadoras mais procuram nos nossos jovens, nomeadamente a atitude positiva, as relações interinstitucionais, a liderança e a comunicação”.
Para alunos e professores, foi o culminar de muitos meses de competição e trabalho de uma iniciativa que não só procura ajudar os alunos a preparar-se para o mundo das empresas e da gestão, mas também, de acordo com o diretor do Young Business Talents, ajudá-los “numa fase em que eles estão a decidir qual é o rumo da vida deles”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem